Domingo, 21 de Maio de 2006

Tardes bem passadas…

SMS ‘Estiveste com a Rosa?’

Resposta… possível:

‘Olá brasa tudo bem? Estive, ela contou-te?’

De volta: ‘Olha estou em casa, passa por cá’

Pensei que era melhor ir lá já que tinha tempo e não queria confusão, não com ela...

Cheguei a casa dela, entrei, cumprimentei-a com um beijo demorado como de costume, como me gostava…

-Então que mensagem foi aquela?- disse eu a 'apalpar' o terreno.

-A Rosa disse-me de forma eufórica que tinha estado contigo e que tinha sido muito… excitante.

-E estás com ciúmes? Ahahahahahaha .

-Por acaso até estou, não imaginei que fosses fazê-lo com ela…

Engoli em seco, estava mesmo danada comigo, agora tenho que prestar contas!

-Bom conta-me lá os pormenores, quero saber tudo!

Fiquei tão insegura como se tivesse sido apanhada no meio daquela escaldante sessão… nem sabia o que dizer, que tinha sido óptimo estava bem explícito no meu olhar…

-Então ela apareceu lá em casa, estava danada com o legitimo e eu dei-lhe apoio…

-Pois, estou a ver apoiaste-a com a língua!

Rizada geral, aí consegui descomprimir, estava a sentir-me uma criminosa, mas lá desanuviou a coisa.

-Vá lá conta, conta, conta.

-Bom ela estava chateada como te disse e disse-me que se sentia desprotegida, mal amada, desprezada até, abracei-a, pedi-lhe pra desabafar… e ela desabafou, depois olhámos uma pra outra, sorrimos, tirei-lhe a camisola… beijei-a, quando a lambia ela recuou e olhou fixamente para mim…

-Não gostou? A mim pareceu-me que ela já o queria há algum tempo.

Ahahahahaha , tirou o meu top, o meu soutien… despimo-nos e ficámos ali agarradinhas imenso tempo, só a sentir o corpo duma na outra, acho que lhe fez bem sabes?

-Sei, sei… E mais?

-Vou ter que contar mesmo tudo?

-Tudinho!

                                 

-Brincou com os meus mamilos… que tu conheces ahahahaha , desceu ao umbigo e continuou a descer… foi tremendamente intenso... não evitei … que delicia...

Esqueceu por completo o mau humor, esquecemo-nos do mundo... não lhe conhecia aquela liberdade de pensamento, tanta libido, agradou-me sobretudo a entrega com que o fez, a maneira decidida e firme como me olhou, o desejo profundamente explicito, as mãos delicadas ainda assim tão sábias...

-Ok chega, vamos ligar-lhe para ela vir cá ter connosco… temos a tarde livre…

Escrito por Marisa às 22:56
Piacere | Grazie
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


veropiacere@sapo.pt

Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Hummmm...

Sei lá...

Ciao

(...)

Ingenuidade

Viver...

Pretensão

Quando...

Kininha

Renascer…

Hoje não…

Recordar...

Agosto 2010

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Piaceres...