Quinta-feira, 18 de Maio de 2006

Nua

Porque me despes completamente
sem que eu nem perceba...
E quando nua
por incrível que pareça
sou mais pura...

Porque vou ao teu encontro
despojada de critérios...
liberto os mistérios
sem perder o encanto
do prazer...
Porque
quando nua
sou única
e exclusivamente
tua...

                                  Isabel Machado

Escrito por Marisa às 09:25
Piacere | Vero? | Grazie
22 comentários:
De Ca a 15 de Julho de 2006 às 03:35
Delírio! Sinto-me grata por seres o elo de ligação entre mim e a doçura de poemas subtilmente eróticos . Que por essa razão são de uma beleza encantadora. Obrigada por me permitires estes momentos de prazer.
De Carlos a 20 de Maio de 2006 às 23:29
Minha boca...

minha boca
é pouca
pro desejo
que anda à solta


De Marisa a 21 de Maio de 2006 às 21:52
Hummmm , que luxúria! Sensual como sempre, grazie .
De sem a 19 de Maio de 2006 às 23:40
isto começou por ser um blog, agora é mais um forum.. assim sendo vou deixar de comentar o que quer que seja.. ja sei que vais dizer que nunca fui obrigado, mas algumas vezes me pediste p o fazer.. continua com as respostas e contra respostas nos comentarios, que qualquer dia tens um forum...
espero que tenhas usado a dica sobre o verniz.. ja agora, ate´um dia que sera distante. beijo
De Marisa a 21 de Maio de 2006 às 21:51
Lamento a tua decisão, gostava particularmente do teu sarcasmo. Pedi-te como peço a todos o que me dizem agradar o que escrevo, então porque não deixar por cá esse sentimento? Pois que seja um fórum , aliás seja a palavra que queiras empregar, para mim será sempre, apenas e só o espaço onde me deixo... verdadeiramente! Desculpa a minha mania de responder a todos o que fazem o grande favor de me lerem!!! Esperarei sempre por ti...por todos, baci .
De ZUCO a 19 de Maio de 2006 às 16:50
Bom e agora um comentário como deve de ser, uma vez instalados no jacuzzi (Claro que me fiz convidado! Afinal sou Leão!)

Minha cara... É claro que somos sempre exclusivos nestas ocasiões em que estamos nus, pois de outra maneira não poderia ser. Se não estivessemos total e assumidamente despidos, entregues naquele momento exclusivo, a vida não teria sabor.

Já dizia o outro "que o Amor não é o tempo. É o momento, em que eu me dou, em que tu te dás".

Exclusivamente.

Eventualmente sucessivamente, porque o que é bom é para repetir, mas é sempre uma soma de momentos. Exclusivos.

Onde é que se carrega para fazer bolinhas?
De Marisa a 19 de Maio de 2006 às 16:58
Pois é, a exclusividade é condição sine qua non nestas coisas!
E sabe tão bem...
Sei lá carrega em tudo... e logo se vê!
De ZUCO a 19 de Maio de 2006 às 17:05
Boa! Vamos lá experimentar... (carrega em 3 ou 4 botões)

Olha este faz jactos de agua... olha que é muiiiiito interessante... ai este jcato está mesmo na altura certa... Olha, chega-ter para cá... Experimenta lá... É bom, não é... Queres mais forte?
De Marisa a 19 de Maio de 2006 às 17:11
Harder... Harder...
De Zuco a 19 de Maio de 2006 às 17:25
E, carissimo publico e dignissimos leitores, terminamos aqui este tão quente post senão o Sapo ainda fecha este blog por conteudo demasiado explicito.

Resta-nos desejar a todos um bom fim de semana, e não se esqueçam

See gude moves, (mar)ISA a vero piacere

.....
....

Já desligaram? Boa... Pera ai moça que eu já te ajudo! Ai queres com força?...
De Marisa a 19 de Maio de 2006 às 18:32
Always!!!
De ZUCO a 19 de Maio de 2006 às 16:43
You got mail...

Jacuzzi (para continuares humida)
De Marisa a 19 de Maio de 2006 às 16:56
I saw...
Bora!
De Zuco a 19 de Maio de 2006 às 17:07
És uma fácil! :-D
De Marisa a 19 de Maio de 2006 às 17:10
Só quando vale a pena!
De Zuco a 19 de Maio de 2006 às 17:20
Grazie...
De Zuco a 18 de Maio de 2006 às 16:37
Exclusivamente para ti: BRAVO!
De Marisa a 18 de Maio de 2006 às 16:40
Pronto! Humedeci...
Baci's
De Vasco__27 a 18 de Maio de 2006 às 10:14
Quer será o sortudo? ahahahahaha
Lindo poema, querida Marisa... Um beijo e um óptimo dia!
De Marisa a 18 de Maio de 2006 às 10:18
Olá Vasco, o sortudo é quem acredita nestas coisas...
Excelente dia pra ti.
Baci.
De MSDOS a 18 de Maio de 2006 às 10:10
Bravo! Clap, clap, clap!

Embora todos saibamos ser imposssivel ser exclusivamente de alguém, inclusivé de nós mesmos!

MSDOS
De Marisa a 18 de Maio de 2006 às 10:17
Gostei do clap, clap, clap, deu emoção à coisa!
Tambem pronto, mas se leres muitas vezes pode ser que começes a acreditar...
Sim, nem de mim sou exclusiva, caramba!
Obrigada, baci.

Vero?

veropiacere@sapo.pt

Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Hummmm...

Sei lá...

Ciao

(...)

Ingenuidade

Viver...

Pretensão

Quando...

Kininha

Renascer…

Hoje não…

Recordar...

Agosto 2010

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Piaceres...