Sexta-feira, 28 de Abril de 2006

Desejo

Vem...
Que te espero... nua...
Não mais ha lugar para o pudor...

Vem...que te quero, nu...
Fecha-me os olhos com teus beijos,
faz-me sonhar com teus desejos...
Faça-me mulher com teu ardor...

Vem...
Que quero agora
acariciar teu corpo levemente,
beijar-te os lábios, sofregamente...
Sugar tua seiva com minha
boca quente...

Deixar-me penetrar por teu furor...
Vem...
que sou mulher,
te quero homem,
vem...
deixa-me viver esta fantasia
de amor...

                                                                                                                Asta Vonzodas

Escrito por Marisa às 11:37
Piacere | Vero? | Grazie
11 comentários:
De manel a 29 de Abril de 2006 às 21:47
Bonitas palavras estas onde parecem dissolver-se desejos. Se o silêncio for grande penso que podem até ouvir-se gemidos de prazer, por entre os acordes de violino. E mais não digo que já sinto o peito em descompasso. Parabéns.
De Marisa a 30 de Abril de 2006 às 15:59
Mas temos aqui alguem romantico, gostei da imagem dos violinos, e do silencio, às vezes o silêncio fala tão alto não é? Espero sempre a sua vista, baci.
De manel a 30 de Abril de 2006 às 17:28
Sim, de facto é verdade, esta imagem " de ouvir violinos " é a que mais me seduz quando se trata de coclocar no ecrã das metáforas ( em termos descritivos, bem se vê... ) as subidas ao Nirvana.
Grato pelas suas simpáticas e suculentas palavras no retorno ao meu canhestro comentário. Bom domingo de sol.

Vero?

veropiacere@sapo.pt

Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Hummmm...

Sei lá...

Ciao

(...)

Ingenuidade

Viver...

Pretensão

Quando...

Kininha

Renascer…

Hoje não…

Recordar...

Agosto 2010

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Piaceres...