Quarta-feira, 13 de Junho de 2007

Viver...

A vida nem sempre é como gostamos, ou se calhar a grande dificuldade é saber do que se gosta...

Entre as noites tórridas de um calor que vem de dentro e uma aragem que continua a deixar-me a pele arrepiada, sinto-me sempre preparada para o que a vida reservou para mim, ainda que nem sempre o aceite de animo leve, prefiro ser eu a conduzir a vida, não gosto que seja ela a transportar-me, não vá ela deixar-me num sitio de onde seja já irremediável sair ...

Os ventos provocam-me incertezas, desânimos momentâneos, apatias desconfortáveis, por vezes a insegurança é a maior certeza...

Do alto do meu ser, sinto-me por vezes tão pequena, dentro de todo este fogo que me consome, há um gelo tão poderoso que quase rói...      

     

Acordar todos os dias e manter a rotina que muitas vezes é só o que nos mantem vivos, não chega para me sentir realizada, os objectivos, as ambições só me tornam escrava da vida e deixar de viver pelo que gosto, mas viver pelo que quero,  já chega.

O que eu quero mesmo é chamar vida a tudo o que faço por prazer, acordar cedo porque há demasiado sorrisos para dar nesse dia, porque há momentos que não posso mesmo perder, viver pelo prazer de saborear o que me faz mal e sabe pecaminosamente bem...

Viver para depois morrer não chega, quero viver tudo o que a vida deixar, sem a obrigação de ter de cumprir os meus objectivos, sem a pressão de ter de ser feliz, só se é feliz quando nem nos lembramos que a felicidade existe...

Escrito por Marisa às 15:36
Piacere | Vero? | Grazie
28 comentários:
De Andre a 14 de Junho de 2007 às 01:31
Adorei, parabéns.

E agora parceira? Já descobriste o caminho. Vais vive-lo ou foi so um desabafo iluminado?

Beijo
De Marisa a 14 de Junho de 2007 às 09:38
Andre, obrigada...
E agora?
Sei lá, tomar consciencia já é um bom principio, falta-me a audácia...

Beijos
De Andre a 14 de Junho de 2007 às 14:10
Não, não é audacia que te/nos falta... (esqueces ha quanto tempo te aprendo)

Mas estar no principio é SEMPRE bom.

Beijo
De Marisa a 15 de Junho de 2007 às 09:59
Há quanto tempo me aprendes?
Escapa-me algo...
De Andre a 15 de Junho de 2007 às 12:08
Aprendo-te à 2 (?), 3 meses talvez...
30, 40 posts talvez, mais o dobro em comentarios e respostas...
Já é uma boa base para opinar :)

Beijo
De Marisa a 15 de Junho de 2007 às 14:39
Assim fico sem jeito... e a modéstia nunca foi o meu forte...
É uma grande base para opinar, aliás estarás sempre completamente à vontade para opinar-me.
Muito obrigada, amigo...
Um beijo.

Vero?

veropiacere@sapo.pt

Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Hummmm...

Sei lá...

Ciao

(...)

Ingenuidade

Viver...

Pretensão

Quando...

Kininha

Renascer…

Hoje não…

Recordar...

Agosto 2010

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Piaceres...