Quinta-feira, 22 de Março de 2007

Homem?

Num destes dias, entre copos e umas valentes gargalhadas, discutia-se o facto de se nascer homem ou mulher, enfim entre amigos de ambos os sexos é sempre um assunto na ordem do dia, principalmente quando não se quer falar logo de sexo, propriamente dito!

A Safira saiu-se com ‘eu adoraria ter nascido homem’ ao que eu obviamente discordei, ora eu adoro ser mulher!

Dizia ela, que também não lhe desagradavam as suas formas corporais, reconhece que temos uma outra força interior, mas que o mundo foi feito para os homens, que tudo lhes é facilitado, que nós dependemos essencialmente de nós e eles têm sempre o nosso apoio incondicional, ainda que não se apercebam está sempre uma mulher por perto, quanto mais não seja para que percebam a sua superioridade…

Pois eu discordo, completamente, redondamente e absolutamente!

Qual quê?

Bebemos mais um copo, fartámo-nos de rir mais uma vez, os homens sorriram com aquele ar de, 'what can i do?’, e em relação ao assunto ficámo-nos por ali.

Mas agora que penso nisso… como pode uma mulher desejar, ainda que secretamente, ter nascido homem?

Perguntava-lhe eu, ‘Então e as tuas mamas, pá? São tuas!’ o que naturalmente só nos fez gargalhar mais uma vez.

E a nossa sensualidade que eles nunca conseguirão alcançar, a sensibilidade, a nossa beleza, o facto de sermos os eternos seres de culto?

               

Eu adoro ser mulher, género feminino e luto contra quem for preciso para me assumir como sou e na realidade gosto de ser.

O prazer de poder olhar-me e ver umas formas lindas, que também aprecio imenso noutras mulheres, a leveza que é colocar-me em cima de uns saltos altos e perceber que olhos gulosos me percorrem os passos, sentir que o sorriso mexe com a mente de um homem, sentir-me um ser desejável ainda que por vezes inacessível…

Saber que apenas dependo de mim, estou com quem quero e porque quero, que posso desenvolver o mesmo tipo de actividades que eles e ter ainda o prazer de ser mãe, mulher, dona de casa, amante…

Ainda que nós sejamos umas eternas complicadas, tenhamos umas manias um bocado esquisitas e na realidade nem nos nós entendamos muito bem, somos mulheres ora!

O mundo pode até nem estar sempre preparado ou facilitado para nós, mas temos vindo a conquistá-lo, já toda a gente percebeu que viemos de muito mais longe que os homens e já lhes vamos à frente na corrida.

Portanto a única hipótese de me acontecer algo semelhante, é apenas e só pelo fetiche ou curiosidade que é, por alguns momentos fazer o papel do outro, tentar perceber a magia com que nos vêem, o fascínio que nutrem por nós e já agora... de sentir um pouco do prazer por eles sentido…

Escrito por Marisa às 15:12
Piacere | Vero? | Grazie
23 comentários:
De mfc a 30 de Março de 2007 às 17:30
Que bom que é ouvir alguém dizer que se sente bem na sua pele!
Com esse discurso afirmativo descobre-se em ti uma pessoa que sabe bem o caminho que segue.
Muito bonito!
De Marisa a 2 de Abril de 2007 às 09:43
Que bom é assumirmo-nos como somos e gostamos de o ser...
Obrigada um beijinho.
De Ca a 30 de Março de 2007 às 17:07
O que é fácil é para as(os) cobardes!!

Os desafios para (as)os corajosas(os)!!

E nós nisso somos imbatíveis!! :))

Outro privilégio é ler-te na tua companhia, que foi este o caso. :))

Claro que te reli. :))

Não tenho o teu carisma, mas gostava!! Estou a esforçar-me...

Beijocas
De Marisa a 30 de Março de 2007 às 17:11
Ahahahahaha, pois este texto foi lido em simultaneo por três mulheres amigas, fortes personalidades ainda que diferentes, devo dizer que tenho orgulho em perceber que tens a mesma opinião que eu, a nossa força parte do nosso interior... O que somos devemos a nós.
Não desistas do que és, luta pelo que queres!

Beijão linda.
De Ca a 2 de Abril de 2007 às 09:53
É isso mesmo, quero manter quem sou e lutar por ter um pouco mais de carismo (do bom, como o teu!!)...

Tens me ajudado muito e quanto a isso estou-te eternamente grata. :))
De Marisa a 2 de Abril de 2007 às 09:56
Chuacccc...
Bom dia linda!
De vagina a 17 de Novembro de 2007 às 22:21
eu quero olhar um grande vagina
De Maeve a 27 de Março de 2007 às 15:32
Eu gosto de ser mulher!!!
Com todas as suas complicações ...
Gosto... pronto!

Beijoca
De Marisa a 28 de Março de 2007 às 09:53
Viva as mulheres que gostam de o ser e se assumem como tal!

Beijão linda.
De cheiodetesao a 25 de Março de 2007 às 20:28
Ora aqui esta um post que gostei de ler.
E, para conste: fosses tu homem e eu nao teria escrito a primeira frase deste comentario, nem esta, nem as que se seguem...

Claro que eu escrevo em blogs de homens, mas nao tem nada a ver.

Limitemo-nos a aceitar que TEM DE HAVER HOMENS E MULHERES, mais que nao seja para o acto reprodutor, esse acto tao simples e natural, que leva a que os homens fodam as mulheres e vice-versa.

Eu, ca por mim, gosto muito de ser homem, de "ter" o que tenho e todas essas coisas em que estamos a pensar e gosto das mulheres e que as mulheres sejam mulheres e mais nada. :)

Ja agora e tambem para que conste: gosto que sejas mulher, claro.

Ola Marisa, um beijo.

Volto a pedir desculpa pela grafia, mas este teclado na tem acentos, dado que estou num pais onde essas coisas sao diferentes. Voil`a...
De Marisa a 26 de Março de 2007 às 10:03
Boujour...
Que bom ler-te aqui.
Portanto fiquei bem esclarecida, gostas de ser homem e gostas que eu seja mulher, e tenho dito! Ahahahaha.
É um grande privilégio saber que me lês e escreves de tão longe, sempre de forma tão calorosa e dedicada, muito obrigada.

Um beijinho...
De antídoto a 24 de Março de 2007 às 11:58
Hum... imagina teres nascido mulher e feia.
Lá ia metade do que afirmas por água abaixo.
Tu gostas é de ti e ainda bem.
Sensualidade, sensibilidade e ser-se desejado, não são apanágio só das mulheres.
Por outro lado... gosto dos meus pêlos e ainda bem que não sou 'obrigado' a pôr-me em saltos altos : )
De Marisa a 26 de Março de 2007 às 09:59
Ahahahahahah, hoje em dia ser-se feia ou bonita é demasiado subjectivo, felizmente.
Provavelmente se tivesse nascido feia, encontraria em mim milhentos atributos alem da beleza dita fisica.
Gosto de mim, de facto, o que me parece saudável, pelo que só assim conseguimos gostar dos outros.
Quanto aos teus pelos, pois se te agradam, acho lindamente que os mantenhas, a nossa personalidade tambem é definida pelas nossas convicções e não conheço ninguem que deixe de gostar apenas pelas pilosidades...
Ahahahaah, obrigada, um beijinho.
De Morgaine a 23 de Março de 2007 às 23:24
Interessante mas sabes o que acho? É fácil falar quando somos o que somos.Nunca estivemos na pele do homem para podermos afirmar que preferimos ser mulheres. E eles idem. Por isso, digo que gosto de ser mulher porque assim nasci, e não me vejo de outro modo. Pronto eu cedo qualquer coisa... as mulheres têm sem dúvida uma aura mais sensual, quer no corpo, quer no olhar, nas mãos ou na alma. Mas há homens que também o sabem ser, quando não são machistas hehehe

bjs e bom fim de semana
De Marisa a 26 de Março de 2007 às 09:55
Morgaine...
Como podes verificar no texto, eu não referi que prefiro ser mulher, o que digo é que gosto imenso de ser mulher de me assumir como tal e não colocaria a hipótese de gostar de ser homem.
Tudo o que é feminino me encanta, a nossa aura sensual como dizes, mas tambem a garra, a expressão corporal, a capacidade de nos reiventarmos...
Um beijo.
De http://shakermaker.blogs.sapo.pt a 23 de Março de 2007 às 20:46
Ora viva!

Bom, só faltou mesmo queimar os sutiãs... Mas que belo post feminista.
Bem, eu não gostava nada de ser mulher pois já experimentei algumas peças de roupa femininas e aquilo não está com nada. Uma chatice desconfortável. Já para não falar no facto de ter sempre alguém disposto a saltar-nos para a espinha, se é que me faço entender.
Eu gosto de ser como nasci, assim mais para o masculino, e felizmente ninguém me quer saltar para cima.

Bom fim de semana!

Um abraço...
shakermaker
De Marisa a 26 de Março de 2007 às 09:50
Caro Shakermaker ,
Como compreende eu não sou mulher de queimar sutiãs, a minha delicada colecção dos mesmos não me permite tal loucura, mas a ser um post feminista, parece-me bastante mais razoável, este texto meramente elucidativo, à violência a que algumas mulheres se prestam em nome da suposta igualdade de direitos.
Percebo também que estar na pele de uma mulher não seja nada que lhe agrade, o mesmo não deve acontecer, se significar sentir a pele de uma mulher...
Portanto convive muito bem com o que é, óptimo, eu como sabe, adoro ser mulher e independentemente de que alguém me queira saltar para cima, pretendo aproveitar todos os prazeres da minha feminilidade.

Um abraço, obrigada...
De Sonhador de Alpendre a 23 de Março de 2007 às 18:39
What can I do?
Gosto de ser um homem que gosta de mulheres que gostam de ser mulheres.

sonhos pensativos
De Marisa a 26 de Março de 2007 às 09:41
Um belo principio, assumir-se o que se é, perceber-se do que se gosta...

Beijos.
De waterfall a 23 de Março de 2007 às 09:31
Sou um grande admirador de todas as mulheres, mas daquelas que têm orgulho e o prazer de o ser, assim como tu. Que cultivam o seu encanto, a sua beleza e que por isso podem dominar o Mundo (pelo menos o dos homens).
De Marisa a 23 de Março de 2007 às 11:05
Que bom que admiras a Mulher na verdadeira acepção da palavra, as que sofrem, as que amam, as que lutam diariamente, as que desejam, as que choram e riem, mas nunca desistem de lutar pelo que são... mulheres.
Um beijinho grande.
De Lua a 22 de Março de 2007 às 17:55
Adoro vir cá ler-te sempre que posso!
Apesar de achar que ainda existe muita injustiça social eu gosto muito de ser mulher e não me consigo imaginar outra coisa senão eu mesma: Mulher, Lua, Apaixonada...
Continua a escrever como tão bem o fazes.

Bons eclipses
Lua
De Marisa a 23 de Março de 2007 às 11:03
Olá...
Há de facto, ainda muita injustiça, mas depois de superar tanta contradição, depois de tantos sacrificios das nossas antepassadas, no minimo temos de nos orgulhar de ser mulher, pertencer a esta bela classe, e impormo-nos.

Obrigada pela simpatia, baci per te.

Vero?

veropiacere@sapo.pt

Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Hummmm...

Sei lá...

Ciao

(...)

Ingenuidade

Viver...

Pretensão

Quando...

Kininha

Renascer…

Hoje não…

Recordar...

Agosto 2010

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Piaceres...