Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2007

Segredo...

Eu adoraria dizer que não preciso de homens… mas é falso, completamente falso!

Bom para todos os efeitos e porque nós mulheres só conseguimos manter o nosso estatuto de importantes e interessantes, enquanto seres independentes e completamente livres, só nesse caso, sim não preciso de homens para nada, desenrasco-me bem obrigada, e o gás já vem em botijas pequeninas e muito bem entregues…

Mas a bem da verdade… eles têm uns dedos fantásticos, eles conseguem fazer aquele olharzinho de cachorrinho, absolutamente delicioso, eles conseguem convencer-nos de que somos fantásticas principalmente quando o objectivo é passar um bom bocado connosco…

E diga-se a bem da verdade, ainda que nós o saibamos é sempre tão engraçado fazermo-nos de inocentes e deixá-los espernear só para alcançarem os seus objectivos, que muitas vezes são também os nossos.

Ok não preciso de um homem na verdadeira acepção da palavra, há maravilhosos orgasmos inteiramente no feminino, há imagens femininas que valem por mil corpos musculados de deuses, ora mas aquele odor próprio deles, aquela rudeza, o ar másculo e forte, a maneira convicta com que decidem conquistar-nos, a forma como nos conseguem surpreender, a maneira por vezes desesperada com que tentam tentar-nos, o ar desajeitado, a timidez que sempre deixam vir ao de cima, o ar desprotegido, eu gosto disso e sim… isso faz-me falta.

 

                    

Os convites para jantar, os telefonemas só porque sim, os elogios por vezes despropositados, as flores que nunca mais darão na vida, mas naquele momento fazem-nos crer que as adoram, as artimanhas que encontram para conseguir o nosso numero de telefone… ahahahahahahah eu adoro o que os homens fazem e nos fazem só para nos ter ainda que por breves momentos.

Por isso meus queridos, continuem a esforçar-se, continuem a inovar, desistam de nos tentar perceber, mas esforcem-se por nos ter, porque se conseguirem valerá de certeza o esforço…

A quem tem cedido algum do seu tempo, vindo visitar-me apesar de não ter encontrado este blog actualizado, as minhas sinceras desculpas, ficar sem net e sem tempo é uma grande chatice, para quem gosta de deixar aqui os seus devaneios... mas voltei!

Obrigada!

Escrito por Marisa às 11:54
Piacere | Grazie
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


veropiacere@sapo.pt

Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Hummmm...

Sei lá...

Ciao

(...)

Ingenuidade

Viver...

Pretensão

Quando...

Kininha

Renascer…

Hoje não…

Recordar...

Agosto 2010

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Piaceres...