Segunda-feira, 30 de Outubro de 2006

Jogadas de sedução

Entre duas tacadas e uma golada de Safari, dei por mim a pensar em como seria bom ter uma mesa daquelas… só para mim.

O que me agrada mesmo é a forma como nos colocamos para jogar, como nos expomos enquanto pensamos na melhor tacada, é aquela fantasia que me faz imaginar em cima da mesa, no caso com o tampo vermelho, uma tentação...

Concentro-me na jogada, preciso fazer uma tabela e aquele som característico, da bola a tocar no canto e cair no saco, hummmm .

Inclino-me bem para cima da mesa, o decote é aperitivo, olho lá de baixo para ele, cá em cima e nos meus olhos está gravado ‘vem foder-me aqui’.

Que jogo tão sensual, a começar pelos tacos que seguramos com cuidado, depois as bolas, o som das tacadas… quero uma mesa daquelas na sala!

-Tu gostas mesmo de jogar snooker ou são as posições que te agradam?

-Gosto sobretudo de te ver a jogar, gosto de ver o teu rabinho empinado, a tua concentração na jogada, o peito quase a tocar na mesa, os olhos compenetrados mas tão sexy’s … e depois ver-te com o taco na mão… -bebe um gole, visivelmente nervoso.

-Ahahahahahaha, no próximo aniversário o meu presente é uma mesa destas.- passei por ele e uma lambidela rápida nos lábios.

-Provavelmente nem a usaríamos muito… não é um jogo que aprecie particularmente .

-Não só para jogar…

Entretanto outra tacada, em que eu fazia questão de provocar, de me inclinar sobre a mesa, a saia subia e a camisola deixava adivinhar os seios, eu fazia aquele sorriso de cabra a que ele nunca ousa resistir… numa tacada forte, a bola preta e voltei a ganhar.

-3-0, estás a precisar de umas aulinhas …

-Fazes de propósito para me desconcentrar, sabes a vontade que tenho em chegar por detrás de ti, tirar-te o taco das mãos e… dar-te o meu taco?

Ahahahahahahahahahah, se calhar não estás a falar a sério… sabes que estão pessoas a olhar para cá?

-Queres apostar?

 

           

-Deixa-me imaginar… a mesa só pra nós, eu de espartilho e cinto de ligas, subia bem devagar para cima da mesa, ficava lá de quatro a colocar as bolas nos buracos e depois voltava-me, deitava-me e retirava delicadamente as collants, ia desabotoando o espartilho…

-Está decidido, vamos comprar uma mesa de snooker!

Escrito por Marisa às 12:18
Piacere | Vero? | Grazie
20 comentários:
De Mesa Bilhar Snooker a 11 de Maio de 2008 às 02:21
Isto para quem gosta de jogar numa boa mesa de bilhar ou snooker o vicio é uma paixão.
De Ca a 1 de Novembro de 2006 às 01:11
ui, ui!! que foto!

Sugestiva.

Amiga está visto e confirmadíssimo, escritora erotico-sensual...

Estás provada... ainda não.... :9
Mas aprovada, estás! Sem dúvida alguma!!

Acertas-te na minha música.

Beijo especial, para alguém muito, muito especial.
De Marisa a 2 de Novembro de 2006 às 09:55
Só a foto exita-me, juro!

A música é a tua, eu sei.
Agora escritora? Erótico-sensual? Nem pensar, escrevo o que sinto, faço, fantasio e gosto de tudo!
Especial és tu querida, muito muito especial, um miminho!
De Pintelho Marciano a 31 de Outubro de 2006 às 16:23
Olá carissima...
Vejo que continua em alta...
Gostei da foto tb...especialmente pq a modelo tá numa posição que tem preenchido assiduamente a minha imaginação...mas isso são coisas minhas...
A menina tb...tudo lhe serve para dar umas trancadas....Ai a inveja que eu tenho do gajo que a come...ui ui
Mas adiante...vim aqui só para a lembrar que estou vivo...para lhe desejar felicidades e muitas phodas...c'afinal de contas é com isso c'a gente se governa...
Diga-me só uma coisa...na mesa de bilhar, apesar da falta dos buracos...tb se pode dar umas boas quecas não pode????Dizem os entendidos que tem de ser ás 3 tabelas...Confirma-me essa informação???É c'ando roídinho de curiosidade...
Beijinhos na crica....
De Marisa a 31 de Outubro de 2006 às 16:42
Olá Pintelho...
Não sei se continuo em alta, mas continuo a adorar deixar por cá os meus piaceres.
A foto é bastante sugestiva sim e garanto-lhe é uma posição bastante relaxante, sempre que me é permitido, não resisto!
Agradeço o facto de me ter avisado que está vivo, eu nunca teria notado... Obrigada pelas felicidades e pelas 'muitas fodas', não dispenso nada.
Na minha modesta opinião o Pintelho pode dar as ditas onde bem lhe apetecer, afinal o limite é a loucura, aventure-se esqueça os buracos... da mesa...
Quanto às tabelas, sim deve ser às três, mas quer mesmo jogar bilhar?

A crica agradece...
De Pintelho Marciano a 31 de Outubro de 2006 às 18:38
Por acaso...que se lixe lá o bilhar...
Agradeço a informação...se bem que me tenha soado sarcasticamente...mazenfim....
De Marisa a 31 de Outubro de 2006 às 20:33
Pois claro, que se lixe o bilhar, para o caso até podia ser o jogo da sueca... ou não!
Mas sarcastico?
De todo, Pintelho esse é registo que difilmente terei, além de ser vulgar, não é merecido por quem como você faz, e muito, bem me comenta.
Se foi o que transpareceu, as minhas sinceras desculpas.
Um beijinho no seu rosto.
De ZePedro a 31 de Outubro de 2006 às 11:07
A mesa de bilhar ou de snooker sempre teve uma carga enorme tanto pela forma, pelos apetrechos de jogar e tambem pelas posições que se assumem quando se joga.
Mas uma mesa com pano vermelho sou sincero nunca a vi mas imagino que deve ter uma carga bem maior especialmente se for acompanhada de uma lingerie em preto...
óptimas ideias sim
Beijo a pensar
De Marisa a 31 de Outubro de 2006 às 11:44
De facto o que me encanta naquela mesa é mesmo cor, de um vermelho vivo muito apelativo, depois uma luz forte precisamente sobre ela e finalmente as posições que temos que assumir para fazer as jogadas... muito inspirador!
A lingerie, preto parece-me muito bem...

Um beijo para ti.
De cheiodetesão a 31 de Outubro de 2006 às 10:08
Ora aí está um jogo que eu gosto de jogar e jogo, de vez em quando.

Mas nunca tinha pensado nas mesas de bilhar por esse ângulo que permite adivinhar o desenho dos seios, das maminhas, melhor dizendo, ou que deixa ver o rabinho empinado, como se se quisesse oferecer a outro taco que não o habitual...

Bem...
De Marisa a 31 de Outubro de 2006 às 10:16
Parece-te mal?
A sedução está na forma como te movimentas, no olhar, na expressão, no gostar.
O snooker pra o caso é secundário... bom o tampo vermelho é algo de fantástico e o som das bolas a entar no buraco... hummmmm
De cheiodetesão a 1 de Novembro de 2006 às 10:31
Não me parece nada mal... Ora essa!!!

Aliás, na próxima vez que jogar bilhar, seja snooker ou bilhar livre, será a ti que vou "ver" em cima da mesa, misturada com as bolas, sabe-se lá a olhar para mim de que maneira, sabe-se lá que decotes irei ver, que maminhas se deixarão "morder", que...

Que, pronto!

:)

Bom feriado, Marisa.
De Lobaaaaaaaaaaaaaa a 31 de Outubro de 2006 às 09:57
Que cenário... beeeemmmm

Só não gostei da foto... mas gostos não se discutem.

Beijos mil em tu.

[Fico à espera do nosso 'afair' ... é para quando?]
De Marisa a 31 de Outubro de 2006 às 10:14
Olá linda!
Eu por acaso acho a foto muito sugestiva, mas lá está, gostos...
O cenário, faz-se o que se pode, é preciso é amar-se o piacere.
O nosso afair... ai, ai.

Mil beijos.
De http://shakermaker.blogs.sapo.pt a 30 de Outubro de 2006 às 23:28
Ora viva Cara Marisa...

Não desgosto de snooker, embora prefira muito mais bilhar. Um jogo que apela à inteligência, planeando a jogada que se faz ao mesmo tempo que se adivinha a do adversário. Logo, um jogo muito mais sensual se porventura for joagado entre um casal.

Não imagina a trabalheira que é para manter uma mesa de snooker em casa. O raio do pano dá uma trabalheira desgraçada, assim como manter em bom estado o resto do equipamento. Escolha antes uma mesa de matraquilhos, até porque já vem lubrificada.

Um abraço...
SHAKERMAKER
De Marisa a 31 de Outubro de 2006 às 10:12
Como vai Sr. Shakermaker?

De facto o bilhar tem outro fascinio, é um jogo mais secreto, sedutor, igualmente excitante.
Para o caso teve mesmo de ser snooker...
Mas agradeço-lhe as dicas acerca da aquisição da mesa, acredito que seja de facto uma maçada estar constantemente a limpar o pano, bem como conservar os tacos e por aí fora.
Já os matraquilhos... não me parece sabe, é um jogo mais social, mas gostei da dica da lubrificação... you never know.

Um abraço!
De mfc a 30 de Outubro de 2006 às 19:21
A mesa de bilhar vermelha sempre se prestou à libertação da imaginação da sedução.
É um fétiche clássico.
Um bom e bonito texto.
De Marisa a 31 de Outubro de 2006 às 10:06
Olá MCF , mais uma vez muito obrigada pela visita, eu também não dispenso as suas fotos, devidamente legendadas.
Pois este será talvez um fetiche clássico, enfim nunca tive aspirações a ser uma avangard , o clássico nestas situações é perfeito, adoro cadeiras Luis XV e mantas de veludo e espartilhos e por aí fora.
O desafio é reescrever esses classicismos e empregar-lhes a nossa nota de loucura...
Baci.
De Dossier de Argolas a 30 de Outubro de 2006 às 12:59
Por isso não gosto de snooker: mesas há muitas, de taco estou servido, bolas chegam duas .... e buracos prefiro outros!
Fique lá com esta tacada....
De Marisa a 30 de Outubro de 2006 às 14:26
Não o imaginava tão linear...
Aliás eu poderia ajudá-lo a gostar de snooker e de tudo o que anda à volta desse jogo, mas noto-lhe algum azedume.
O Dossier, definitivamente nunca viu o snooker para lá do jogo...

Vero?

veropiacere@sapo.pt

Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Hummmm...

Sei lá...

Ciao

(...)

Ingenuidade

Viver...

Pretensão

Quando...

Kininha

Renascer…

Hoje não…

Recordar...

Agosto 2010

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Piaceres...