Segunda-feira, 9 de Outubro de 2006

Já me esquecia....

Hummm , as saudades que eu tinha de fugir da vida!
Já não me lembrava de como é acordar e não ter que ir a correr para o banho, de não ter que tomar o pequeno-almoço a despachar, de não ter as rotinas mentalmente planificadas...
O prazer que é acordar e ficar a ronronar até quando apetecer, e tomar o pequeno-almoço à hora do almoço, e passear por aí sem destino e apreciar cada vida que por nós passa.
Encontrar pessoas e sorrir só porque gosto, sabendo que nunca as voltarei a ver e que sorri só porque quis, e mesmo assim mostrar-lhe um sorriso tão feliz...
Ficar numa esplanada a conversar ou simplesmente a olhar... tinha saudades de ficar a olhar infinitamente, e do silencio que ouvimos no meio de um burburinho... e de me ouvir a mim...
E ver o dia a terminar com a mesma calma, que o vi a nascer e a  contemplar cada cor que se forma no céu, apreciar a brisa que começa a fazer sentir-se, arrepiar por fora e sobretudo por dentro...
E tinha-me esquecido como é bom fazer amor numa banheira impessoal, que não me conhece, mas nos acolhe tão bem, dedicar-me inteiramente aquele momento, e saber que outros virão, mas o meu acto fica lá, marcado na memória, cravado na alma, e saber que durante aquele tempo, o meu tempo é só nosso...
                    
Tinha saudades de pensar como iria ser o meu dia, onde haveria de almoçar, o que faria de tarde, e de respirar feliz, porque ninguém me conhece, porque não há cobranças, porque ali só preciso de ser eu, longe da minha vida habitual tudo me sabe tão melhor...
Às vezes o melhor de fugir das nossas rotinas e voltarmos a encontrar-nos ... connosco...
Escrito por Marisa às 09:32
Piacere | Vero? | Pensamentos (22) | Grazie
Segunda-feira, 2 de Outubro de 2006

Um sonho

Que coisa maravilhosa…

Não me lembro de algo semelhante, a sensação, a situação… delicia.

Acordei a meio da noite, completamente molhada, lembro-me de sentir gotas de suor a descerem por entre os meus seios e quase faziam cócegas, limpei algumas gotas com o dedo… lembro-me de sentir na nuca os cabelos colados, o batimento cardíaco acelerado… mas não sabia porquê!

Não sei que sonho tive, o que aconteceu, porquê aquele turbilhão de sensações… percebi imediatamente que assim que colocasse um dedo dentro de mim, o orgasmo seria instantâneo, tal o estado de excitação em que estava.

Os meus mamilos estavam rijos, bonitos, saborosos, e aquela sensação no escuro, a meio da noite, era fabulosa.

Apertei-os, apertei-me, um gemido e as mãos pediam-me para descer, eu queria prolongar aquele momento que era tão bom, ali na minha cama, sentia um cheiro quente, um tesão que me consumia, estava a entregue a mim… só.

De uma só vez, como se tivesse de ser naquele momento ou morreria, levei as mãos ao meu esconderijo, coloquei um dedo que me implorava… outro gemido, e uma sensação maravilhosa a percorrer-me todo o corpo, senti o orgasmo a chegar, mas de forma tão intensa que não conseguia sequer perceber o que se passava, não consegui ficar quieta, mais um dedo e não queria parar, levantei as pernas que quase estavam dormentes, e ainda com mais desejo e profundidade… um último gemido.

 

            

 

Estava exausta, em poucos minutos o orgasmo mais maravilhoso de que me recordo, não sei como começou, sei que terminou tão bem, levei um dedo à boca, que estava mais que seca, ofegante, chupei-o para me degustar…

Tenho um sabor delicioso, ahahahahahahaha.

Consertei os cabelos que me incomodavam, ajeitei o string e a camisa de noite, voltei-me para o lado e adormeci, esgotada, plena, feliz…

Escrito por Marisa às 09:06
Piacere | Vero? | Pensamentos (26) | Grazie

veropiacere@sapo.pt

Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Hummmm...

Sei lá...

Ciao

(...)

Ingenuidade

Viver...

Pretensão

Quando...

Kininha

Renascer…

Hoje não…

Recordar...

Agosto 2010

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Piaceres...