Quarta-feira, 13 de Setembro de 2006

À lareira

Começo a ficar com saudades da lareira… e do que faço em frente à lareira.

Saudades de chegar a casa, fazer fogueira e ir tomar um grande banho, no meio da espuma, e do vapor, e dos sais… e de mim…

Um corpo frio a entrar naquele paraíso, o cheiro do quentinho, tocar numa pele fria com uma esponja quente, sentir a arrepiar a alma, enterrar-me na água… que saudades.

Sair do banho renovada, limpa, quente… também por fora… limpar-me, perfumar-me, pentear-me, vestir o meu kimono e levitar até junto da lareira.

Tenho sempre mais tempo pra mim, ficar ali, às vezes horas, a olhar para as chamas que nunca são iguais e me dizem sempre tanto, ler, ouvir música, comer, ver um bom filme… fazer amor… hummmm

 

                     

 

Que saudades de fazer amor em frente à minha lareira.

Sentir o corpo a transpirar, os corpos felizes, os gemidos, a beleza da penumbra, e um desejo incontrolável que nos faz despir e amar, ali mesmo, corpos húmidos, cansados e ter a lareira como testemunha e talvez um cálice de vinho, o crepitar da lenha, que som maravilhoso...

Os nossos sons e aquele som.

E estar nua, com o calor a proteger ou talvez provocar o meu corpo, e brincar comigo ali em frente ao quentinho, e ouvir a chuva miudinha a cair lá fora e o espreguiçar e o ronronar, que saudades de ronronar em frente à minha lareira… ahahahahahahaha

Adormecer ali, tão preenchida, com uma companhia tão fiel, com um conforto só meu… e mais uma acha…

Aquela luz é magia, aquele brilho é único, a sombra que faz nas paredes, incomparavelmente belo, a alegria que sinto, por ter o prazer de me contemplar por entre aquelas sombras, o meu corpo naquela penumbra, sempre uma descoberta…

De luzes apagadas, tudo tem outra dimensão, o silêncio e o escuro, fazem-nos perceber quem somos de verdade, e aquela música de fundo basta-me, para passar um serão muito feliz, em que me encontro sempre…

Escrito por Marisa às 17:38
Piacere | Vero? | Grazie
24 comentários:
De Lobaaaaaaaaaaaaaaa a 16 de Setembro de 2006 às 18:50
Fogo... gemidos... vinho do porto... luz... sombras... prazer!

Beijos em ti.
De Marisa a 18 de Setembro de 2006 às 09:35
Olá Loba!!!!
Grandes palavras essas, quando conjugadas, e o prazer... hummmmmm piacere!

Beijokas linda.
De Tulipa Negra a 16 de Setembro de 2006 às 14:01
Que chegue o frio depressa.
De Marisa a 18 de Setembro de 2006 às 09:34
Este sentimento tambem vem de dentro...
De Afrodite a 15 de Setembro de 2006 às 14:06
Simplesmente... lindo!

Eu também adoro fazer amor ao pé da lareira!
De Marisa a 15 de Setembro de 2006 às 16:03
Hummmm... é tão bom...

Baci.
De Maeve a 15 de Setembro de 2006 às 10:25
Linda,
Depois eu é que ando possessa...Ahahahah
Beijos repenicados
(nota: comprar lenha)
De Marisa a 15 de Setembro de 2006 às 10:53
Ahahahahahaah, andamos, andamos...

Beijoka.
De Porto de Abrigo a 14 de Setembro de 2006 às 21:59
Marisa....

Descobri o seu refugio e ADOREI...
Parabéms...

Um Bj
Porto de Abrigo

PS:
Sabemos ser breve e fugaz
esse instante do abraço,
mas logo a loucura trás
outro e outro, sem cansaço,
de cada vez mais audaz...

PS2 :
Como poderei começar a receber automáticamente as actualizações do seu blog ?

De Marisa a 15 de Setembro de 2006 às 09:06
Olá...
Obrigada pela visita, se lhe agradou óptimo, é tambem para isso que me deixo aqui! Agradar-me e transmitir piaceres a quem me lê.

Grata pelo poema, quanto à sua dúvida lamento mas não sei responder-lhe.

Um beijo para si...
De Dossier de Argolas a 14 de Setembro de 2006 às 12:17
Marisa, Marisa, Marisa....ei-la no seu melhor! Os meus sinceros parabéns.
Depois de Outono, e da gabardine fina e castanha sem nada por baixo, eis que surje o Inverno, crepitante, à lareira, desta vez sem nada por cima.
Que mais pedir? Não havendo lugares vagos nos sofás em torno da lareira, que venham a Primavera e o Verão, para completarem o ciclo natural destas coisas ... 'the circle of life' (cantava, penso, o Elton John no Lion King...mas não pense que é uma sugestão de música para colocar no blog. Não. Sou apenas eu a mostrar a minha erudição musical).

E cá lhe deixo o seu beijo.
De Marisa a 14 de Setembro de 2006 às 12:22
Ui o melhor, Dossier... ainda está para vir... espero eu!
Bom, uma singela rectificação, a gabardina é creme, não que seja pertinente, mas o castanho não me acenta tão bem...
E esta visão da lareira, continua a ser de Outono, prolongar-se-á certamente, pelo Inverno, mas essencialmente de Outono, a minha estação do ano preferida.

Quanto ao 'Circle of life', pois a vida passa, os meus piaceres permanecem...

Um grande beijo para si.
De QueDossier_de_argolas a 14 de Setembro de 2006 às 13:24
Desculpe-me então tantas falhas de interpretação. Aqui lhe deixo a correcção.

"Que o melhor esteja ainda para para vir!
Que seja creme a gabardina!
Que o Outono a faça sorrir!
Que permaneçam seus prazeres de menina!"

A Marisa manda...
De Marisa a 14 de Setembro de 2006 às 15:03
Ahahahahahahaahahahah, eu adoro mandar!
Mas isto foram meras rectificações, que espero não tenha levado a mal.

Olhe que tudo isso aconteça... Tchin Tchin!!!!
De h_sexy a 14 de Setembro de 2006 às 10:44
Apenas te digo uma coisinha... arranja uma lampada vermelha, mete por baixo dos cavacos, porque é uma chatice o levantar durante o .... quando é preciso lenha. Depois, em vez de ser a lareira a murchar, murcha outra coisa, e pode ser uma chatice...lol ( mas tb tenho saudades da lareira acesa, mas para me entreter a assar castanhas..)
De Marisa a 14 de Setembro de 2006 às 10:52
Ahahahahahaahahahahah, h-sexy, há muito que não te via por cá!
Sabes a lampada vermelha não substitui o crepitar da lenha ou as chamas, por isso no durante, nem interessa se está a arder, quem arde sou eu!
Afinal a lareira é uma óptima companhia, mas há outras...
Obrigada pela visita.
Baci per te
De Nuno Marques a 14 de Setembro de 2006 às 10:12
Tenho andado a pensar nisto desde que acabaram as minhas férias... e agora que Setembro já vai a meio já lhe sinto cheiro... está quase :-)

Beijo e obrigado pelo prazer que transmite...
De Marisa a 14 de Setembro de 2006 às 10:15
Hummm o cheio, sobretudo o cheiro é maravilhoso...
Partilho dessa ansiedade.

Um beijo para si.
De ZePedro a 14 de Setembro de 2006 às 09:52
Como sempre gostei das tuas palavras do modo como conseguem transmitir um sentimento.
Mas denoto uma nostalgia, uma saudade, quiçá um convite sem saber a quem, mas é algo tambem que a mim não me diz respeito.
Mas apenas digo feliz será quem for o destinatário desse convite.
Que o aceite é o que te desejo
Beijos
De Marisa a 14 de Setembro de 2006 às 10:04
Um convite concerteza.
E os convites que mais gosto de fazer, são a mim própria...
Obrigada pela simpatia, baci.
De Ca a 13 de Setembro de 2006 às 23:49
Deste Outono não passa!!!

Dia 27 parece-me excelente!!!

Estou esganada!!

P.S.- Gramei à brava a música!!
De Marisa a 14 de Setembro de 2006 às 09:12
Sim... este outono, mas dia 27 do próximo mês.
Fazemos uma private party, hummmm começo a imaginar...
Uma lambidela.

Vero?

veropiacere@sapo.pt

Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Hummmm...

Sei lá...

Ciao

(...)

Ingenuidade

Viver...

Pretensão

Quando...

Kininha

Renascer…

Hoje não…

Recordar...

Agosto 2010

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Piaceres...