Sexta-feira, 21 de Julho de 2006

Lambido

Eu quase havia esquecido como é bom
Ser lambido, beijado, lambuzado
Por uma mulher bonita, manhosa, gostosa
Morena, loira, oriental, negra, ruiva
Não importa
Bastou me deixar levar
Sentir a língua molhada deslizar
Em torno das orelhas, ao redor do pescoço
De cima até embaixo da nuca
Arrepiar-me com o quente/frio da respiração
Lenta...
Pausada...
Um interminável gemido de prazer
Perdido nas entranhas do meu ser.
                                            Ricardo Icassatti Hermano

 


Escrito por Marisa às 09:14
Piacere | Vero? | Grazie
17 comentários:
De marisa a 24 de Julho de 2006 às 00:22
ola marisa ando a algum tempo para deixar um post, pois acho a tua escrita mto interessante, o teu blog e mto rico. parabens e obrigada por momentos tao teus tao especiais...
beijo de uma marisa tb
De Marisa a 24 de Julho de 2006 às 09:24
Olá Marisa, piacere!
Obrigada pelos elogios e gosto requintado!!!! Ahahahah.
Isto só tem interesse porque eu deixo cá, só o que me dá prazer...
Baci, volta!
De Ca a 22 de Julho de 2006 às 19:52
Também gosto! E muito!

De fazer a um Homem!!

E que um Homen me faça!!

Uhmm!! Gostoso, né?!!

Lindo! Força, continua amiga.
De Marisa a 24 de Julho de 2006 às 09:25
Gostamos, não gostamos brasa?
Hummmm...
Il tuo baci...
De apenas-eu a 22 de Julho de 2006 às 15:25
Arreitada donzela em fofo leito,
Deixando erguer a virginal camisa,
Sobre as roliças coxas se divisa
Entre sombras sutis pachacho estreito:

De louro pêlo um círculo imperfeito
Os papudos beicinhos lhe matiza;
E a branca crica, nacarada e lisa,
Em pingos verte alvo licor desfeito:

A voraz porra as guelras encrespando
Arruma a focinheira, e entre gemidos
A moça treme, os olhos requebrados:

Como é inda boçal, perde os sentidos:
Porém vai com tal ânsia trabalhando,
Que os homens é que vêm a ser fodidos.


"Manuel Maria Barbosa du Bocage"
De Marisa a 24 de Julho de 2006 às 09:27
Olá Apenas.
Bocage tem tanto de verdadeiro como ordinário, como crua a sua linguagem, o que o torna talvez único.
Grata pelo poema, sempre um belo presente, baci...
De Cristal a 21 de Julho de 2006 às 15:44
Ai ai ai isto assim não vale homem a dizer que gosta?
Beijos
De Marisa a 24 de Julho de 2006 às 09:28
Foi só neste dia Cristal, mas acabou!
Ahahhahahahaha, beijokas.
De Pintelho Marciano a 21 de Julho de 2006 às 11:25
Olá Marisa....
Diga-me uma coisa.....apesar de não ser um original seu...espelha os seus desejos?
O abraço da ordem....
De Marisa a 21 de Julho de 2006 às 11:55
Olá... Pintelho !
Completamente... adoro olhares de desejo, respirações descontroladas, ares desajeitados... gemidos...
Ahahahahah, baci .
De Pintelho Marciano a 21 de Julho de 2006 às 12:17
Eu sabia que havia de gostar de mim.....Afinal de contas...temos tanto em comum...
(Agora tem códigos para os comentários???)
De Marisa a 21 de Julho de 2006 às 12:24
Códigos?
Não que o faça propositadamente.
Mas eu gosto imenso de si, aliás sempre me agradaram peluches...
De Pintelho Marciano a 21 de Julho de 2006 às 12:57
Tenho um com mais de 30 anos...(peluche)
Mais uma coisa que temos em comum....
De Dossier_de_argolas a 21 de Julho de 2006 às 11:05
Eu vi logo. Passo a contar-lhe o que vi...
Acordei e pensei ... "2ªfeira é um mau dia para um novo texto no cantinho do piacere; vou espreita-lo já hoje ... quem sabe, algum fruto (que não o melão, como bem lhe disse) lá esteja!".
Se bem o pensei...melhor o deveria ter feito.
Mas não o fiz logo...e sabe porquê? Porque me comprometi a nunca mais abrir este ecrã num autocarro, não fosse levar nova bengalada.
Tal espera, fez com que não me fosse possível inaugurar, por uma vez que fosse, este mural.

Mais lhe digo....este poema do R.Icassato Hermano (descendente da famílias italianas por certo, que o nome Icassato deve provir daquelas magníficas Cassatas de 'gelati italianno', muito adequadas ao tema) está....catita!

Assim sendo, recomendo-lhe que se deleite com uma....cassata! Garanto-lhe que emparelha bem com qualquer fruto (excepto o melão, como bem entende) e, mais importante no caso, com as suas lambidelas.

Volto ao beijo....
De Marisa a 21 de Julho de 2006 às 12:01
Bom dia Sr. Dossier, como vai?
Sabe que o texto de segunda-feira, está pronto a ser publicado por estas bandas e esse da minha total autoria, mas hoje e porque me agradam as poesias que nem precisam rimar pra serem belas e expressarem um pouco de nós, resolvi deixar aqui mais um dos textos que me agradam...
Fazemos assim, esquecemos que existe melão no mundo, e tudo se torna mais fácil!
Se me permite a audácia, eu acho que valeria a pena levar uma bengalada, só pelo prazer de me ler... ahahahahaahah.
Mas ficamo-nos então pela cassata e pelos nossos beijos que ainda que comedidos, tome os meus por sinceros...
Na segunda-feira, claro está, esperá-lo-ei por cá...
Lo mio baci per te...
De Miguel a 21 de Julho de 2006 às 09:45
Kinky...muito bom. Se se juntar este post ao anterior também dá uma mistura explosiva de sensações. E é por isso que muita alma (pobre) humana vai comprando cães...
De Marisa a 21 de Julho de 2006 às 09:55
Olá Miguel!
Pois é esta mistura é sedutoramente explosiva, por isso me agradou este poema.
Lamento imenso, mas não percebi o que quiseste dizer que a ironia acerca da compra de cães...
Deixo-te um beijo, que sei aprecias e estimas.

Vero?

veropiacere@sapo.pt

Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Hummmm...

Sei lá...

Ciao

(...)

Ingenuidade

Viver...

Pretensão

Quando...

Kininha

Renascer…

Hoje não…

Recordar...

Agosto 2010

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

No Ar...

Piaceres...

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Entre!

pegadas