Segunda-feira, 19 de Junho de 2006

Margueritas e sorrisos...

Tínhamos combinado algo de muito especial…

Devo dizer que há muito não me arranjava tão sublimemente, ou pelo menos com essa ansiedade e entusiasmo.

O meu vestido preto de costas desnudadas, as minhas sandálias de salto alto de camurça, o cabelo apanhado com um travessão, e a maquilhagem, o perfume, tudo bem cuidado.

-Vou buscar-te por volta das 21:00! - Pensava eu enquanto passava creme nas pernas.

As 21.00 chegaram e eu ia jurar que demoraram dias a chegar tal era a expectativa do que me esperava… e chegaram as 21:30… e as 22:00.

E um telefonema apressado:

-Querida perdoa-me, não vamos poder sair, surgiu um grande imprevisto, assim que esteja despachado, vou ter à tua cama.

             

Vais é o caralho – pensei eu – não vou ficar aqui o resto da noite, dentro deste vestido a ver comédias românticas, a chorar baba e ranho e a esperar que tu chegues sabe-se lá quando, pra me dares um beijinho dizeres desculpa e já está… desta vez não!

Se não vens tu, vou sair eu, afinal estou tão especialmente sexy hoje…

Comi qualquer coisa, já que o jantar estava adiado e saí, podia ter ligado a uma amiga, ou a um amigo, ou ter ido ao bar do costume, mas não, fui para bem longe, onde dificilmente alguém me conhecerá, onde a misteriosa mulher possa estar longe de tudo, provavelmente de si, para depois voltar à grande frustração que seria aquela noite.

Passei por um bar que me pareceu bem, calmo, gente bonita, balcão enorme como eu gosto, música ao vivo.

Entrei.

Pedi uma marguerita, sentei-me a balcão e fiquei a ouvir a música de soslaio, agradava-me aquela nova faceta da minha vida, algo de impensável até então!

Nunca me lembro de ter ido a um sítio sequer semelhante aquele, sozinha, e a verdade é que me estava a saber muito bem. Entregue a mim própria…

Aproximou-se uma voz masculina, que me perguntou:

-Sozinha?

-Sim, e pretendo continuar assim.

-Peço perdão, com licença.

E continuei, ali sentada a ver alguns pares a dançar, alguns casais a rirem e namorar, o que me magoava profundamente.

-Desculpe, mas devo insistir, posso convidá-la para dançar?

-Pode, eu é que insisto que pretendo continuar aqui.

-É óbvio que ficou pendurada, ninguém vem tão deslumbrante para um bar, para ficar ao balcão a tomar margueritas, a ouvir música e a roer por dentro.

Por uma vez tive de levantar a cabeça, olhá-lo de frente… quem pensa ele que é, a confrontar-me com a realidade?

 E o que vi, foi um homem de meio idade tremendamente charmoso, não consigo apontar-lhe uma característica especifica que me encantasse, mas o todo era fenomenal, um sorriso absolutamente avassalador.

-Sabe que noutras circunstancias, ou já o teria mandado para algum sitio?

-Provavelmente, mas ambos perderíamos com essa rispidez, vá lá a sua noite não tem que ficar estragada, só porque não foi o que pretendia, deixe-me ajudá-la a recuperar…

Levou-me para uma mesa, pediu outra marguerita e ficámos ali durante horas que pareceram escassos minutos, a falar e a rir, e a saborear uma amarga noite, que se revelou maravilhosa, prazerosa.

Trocámos os números de telefone, combinámos uma saída para breve.

Se o voltarei a ver… não sei, mas que a noite foi inesquecível, disso não tenho a mais pequena dúvida.

Cheguei a casa já quase amanhecia, despi-me na sala, como faço sempre, fui directa à casa de banho e quando me ia deitar, reparei que ele já dormia… ahahahaha...

 

Escrito por Marisa às 09:54
Piacere | Grazie
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


veropiacere@sapo.pt

Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Hummmm...

Sei lá...

Ciao

(...)

Ingenuidade

Viver...

Pretensão

Quando...

Kininha

Renascer…

Hoje não…

Recordar...

Agosto 2010

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Piaceres...