Segunda-feira, 16 de Abril de 2007

Bem-vindo...

Hoje acordei com o cheiro do Verão e soube tão bem… enquanto os raios de sol entravam pela janela e eu me espreguiçava, percebia que tenho andado demasiado sedentária, nem bicicleta, nem ginásio, nem jogging, nem noitadas…

Todos os anos, é isto, o frio e a chuva, empurram-me para o sofá lá de casa, fazem-me acender a lareira e permanecer enroscada em mim, para que o aconchego me faça sentir melhor… continuo a gostar, mas por agora bastava.

Todos os anos, tenho neste âmbito dois momentos de saudade, nos finais de Setembro sinto uma saudade tremenda do meu velho camisolão de lã e do crepitar da lenha na lareira, no final de Março morro de saudades das minhas sandálias, do cheiro do Verão, do calor e da sensação de liberdade que tudo isto provoca.

Sabendo que a sensualidade parte só de nós, nunca me consigo sentir tão deslumbrante no Inverno como no Verão, os tecidos apertam-me, sufocam-me, não me deixam ser como gosto, mostrar o que aprecio…

                      

  

Hoje apeteceu-me levantar, vestir algo desportivo e sair por aí, só para dar as boas vindas ao Verão, só para lhe dizer que parte da minha alegria de viver, é ele quem ma transmite, que mais uma vez cá estou eu à espera, dos dias que terminam em noites deliciosamente escaldantes, das manhãs quentes que nos empurram pra fora da cama, dos almoços na esplanada ao sabor das gargalhadas, dos finos tecidos que nos cobrem só o que deve ser coberto socialmente…

Devia ter ido directamente para a praia mais próxima, a minha praia, a minha areia, sentir o mar nos pés e deixá-lo entrar na alma, ainda não foi hoje, mas será assim que possível… o cheiro do Verão, entra na alma, leva a melancolia e enche de expectativa, alegria, brilho no olhar…

Todos os anos, volto a apaixonar-me nesta altura… por mim, por quem me quer, pela vida…

Escrito por Marisa às 10:21
Piacere | Vero? | Grazie
|
32 comentários:
De Lua a 23 de Abril de 2007 às 11:54
Já cheira a Verão, a calor, a maresia, a bronzeador, a gelados, a feromonas...
Sem dúvida que o calor dilata os corpos e desperta os sentidos e eu adoro isso.

p.s. Continua a escrever e a fazer pensar porque esse é o sentido último de tudo o que se escreve.
De Marisa a 23 de Abril de 2007 às 16:20
E cheira tão bem!
Quero tudo! Ahahahahah...
Continuarei a escrever, sempre que seja un vero piacere...
De Ca a 21 de Abril de 2007 às 22:05
Há que saborear o que há de melhor em cada dia...

:)

Tu és do que tenho que me sabe melhor...

Beijocas doces

De Marisa a 23 de Abril de 2007 às 11:23
Sim... saborear, bem, aproveitar, sorrir, explorar, viver, sobretudo viver e usufruir de cada momento.
Hummm, isso é um convite?
Beijinho.
De Ca a 24 de Abril de 2007 às 18:37
Tu não precisas disso!

:)
De Marisa a 2 de Maio de 2007 às 16:16
;)))
De mfc a 17 de Abril de 2007 às 18:42
Os dias grandes despertam-nos sensualmente. O tempo é propício ao desnudamento e a uma certa alegria corporal.
Tudo nos conduz a um sentimento de liberdade tanto psíquico, como corporal.
É o tempo de um novo(mais um)rejuvenescimento!
De Marisa a 18 de Abril de 2007 às 10:34
Sim, a liberdade talvez...
A alegria, a leveza, as cores, a pele...
Que venha o rejuvenescimento!
De Maeve a 17 de Abril de 2007 às 14:50
O calor... tem cheiro!!

Cheira a paixão, amor e sexo!!

Adoro o Calor!

Beijo
De Marisa a 17 de Abril de 2007 às 17:10
Hummm e cheira tão bem...

Beijinho.
De Lobaaaaaaaaaaaaaaaaa a 16 de Abril de 2007 às 18:22
Verão? Aqui ainda só chegou a Primavera....

Beijos mil :)
De Marisa a 17 de Abril de 2007 às 09:27
Lobinha linda!
Cá tambem ainda não abriu, oficialmente, a época do Verão, eu é que adoro antecipar-me com estes estados de espirito.
Ahahahahahahah, beijinhos.
De Lobaaaaaaaaaaaaaaaaa a 17 de Abril de 2007 às 10:42
Fazes muito bem, cara linda...

O verão é quando a Marisa quiser... ehehehehe

Beijos mil em tu :)
De Marisa a 17 de Abril de 2007 às 11:04
O Verão e outras coisas...
Ahahahahah, beijoka.
De Sonhador de Alpendre a 16 de Abril de 2007 às 17:32
No meu Alpendre o Sol desperta-me os sentidos, os pássaros renovam-me o desejo. Como entendo este seu bonito post já que sofro do mesmo mal adorando o desfrute daquilo que de bom as estações nos têm para dar.

sonhos primaveris
De Marisa a 16 de Abril de 2007 às 17:57
Têm tanto para nos dar... basta querermos receber...

Bons sonhos, melhores realidades.
De André a 16 de Abril de 2007 às 16:54
Oi Marasi… viste? Um erro grosseiro: MarAsI. Estamos quites, escusas de voltar a mencionar o assunto :)

Depois de te ler é fácil perceber porque te identificas com o meu texto. Se bem que por estradas paralelas, os nossos verbos conjugam-se várias vezes.

Passando ao Bem-vindo... bom tempo

Iniciei a leitura com receio das memórias que o Verão trará mas continuando-te fui-me despindo até terminar com um sorriso e muita vontade de me sentar numa esplanada, a beber os 30 e tal graus das noites made in Pt.

O teu texto é interessantíssimo.
Na prática é um pedido de desculpas ao Inverno, a quem toleras, por preferires a companhia do Verão, a quem amas.

Espero que vás banhar os pés já amanha!

A photo está boa, a moça está melhor!

Beijocas
De Marisa a 16 de Abril de 2007 às 17:13
Ahahahahahahah , muito bem, termina-se o assunto por aqui, deixa-me só agradecer o cavalheirismo e elegância ...

Que bom saber-te 'nu' ao ler-me, despojado de ideias pré-concebidas do que para aqui viria. Afinal é só uma vontade imensa de aproveitar este sol fantástico, o calor vibrante, os corpos libertos...
Obrigada pela simpatia, eu também espero ir banhar os pés logo que possível, quero encarquilhá-los com o choque inicial da água ainda gelada e lentamente, libertá-los como se da alma se tratasse...

A imagem é de facto sugestiva...
Baci per te.
De André a 17 de Abril de 2007 às 13:15
Oi Marisa

Peço perdão pelo Off Topic mas é para te informar que te nomeei como um dos 5 blogs que me faz pensar.

Muito obrigada por esta curta relação.

Tudo de bom para ti miuda.
De Marisa a 17 de Abril de 2007 às 14:23
Oi!
Já vi, aliás já agradeci em forma de comentário.
Devo dizer que fui algumas vezes convidada a fazer parte das chamadas correntes de blog, em que partilhamos algo mais ou menos pessoal e passamos a 'batata quente' a outros blogs, nunca o fiz, não me identifico com esse género de coisas.
Neste caso peculiar, além de ficar agradavelmente surpreendida por fazer parte das tuas preferências, sendo que, parece-me és um leitor recente, mais lisonjeada me sinto, por alguem elogiar dessa forma os meus escritos e poder tambem eu, de maneira diferente, engraçada e maior, poder salientar tambem alguns dos que mais prazer me dão em ler.
Alguns dos que fazem sem sombra de dúvida parte dos meus dias...
Muito obrigada!

A cerimónia segue dentro de momentos...
De Andre a 17 de Abril de 2007 às 15:30
Recuso participar em chain-letters.
Desde as de sangue para o menino órfão, os abaixo assinado para salvar alguém no Uganda ou aquelas que me prometem que vou dormir (aliás, ficar bem acordado) com a Ana Zanatti ou a Alexandra Lencastre e que se não reenviar o e-mail a não sei quantos “patos” todas as maleitas do universo se abaterão sobre mim!

Mas bloguisticamente sou aberto a estes pequenos “desafios”. Se mos colocam é porque me lêem e se me lêem merecem que lhes corresponda. No entanto a razão principal para ter aceite este “desafio” em particular foi (e mais uma vez estamos em sintonia) a oportunidade de dar a conhecer a quem me lê, os espaços que ao longo dos dias vou visitando.

Baci muito agradecido por esta esplanada>/i>
De Andre a 17 de Abril de 2007 às 16:54
Pois é, este Blog é da Sapo , não tem as mesmas funcionalidades que os Bloggers , shit, assim não te posso dar nenhuma dica.

Fica a minha adicção...
De Marisa a 17 de Abril de 2007 às 17:12
Manda a minha boa educação e gosto pessoal, responder a quem tão gentilment eme comenta como é o caso.
Assim sendo, deixa-me dizer que estás completamnete à vontade para te recostar nesta humilde esplanada e aproveitar todo o piacere que adoro por cá deixar...
Muito obrigada pela presença...
De Marisa a 17 de Abril de 2007 às 17:14
Credo! Lá me distraí com as palavras...
Fica a intenção!
De Lucifer119 a 16 de Abril de 2007 às 16:27
...:))))))))) Estou a ver os contornos da silhueta, de linhas livres, a despontar irrequietos sob as transparências macias das sedas ou do linho.
..:))))))))))) O ritmo solto das suas saliências, auspicia desejos folgados, abrindo-se inesgotáveis e aprazíveis às carícias dos sentidos.
...:)))))))))) Essa liberdade caoticamente ritmada pelo movimento descontraído da passada, entre o viço luminosamente perfumado, sedutor e provocante da quente lascívia primaveril, confere à paixão tons cobiçosos de êxtase irresistíveis, com os quais a imaginação cria a obra prima das emoções na tela do pensamento onde também o relevo de belissimas sensações, emergindo dos corpos receptivos, expôe o rosto saciadamente feliz da alma.
..:)))))) Diria que a pose é .....divinalmente infernal
De Marisa a 16 de Abril de 2007 às 17:06
Que visão libertadora e fascinante tem o Lucifer.
Aos seus olhos sinto-me deusa sedutora...
Deixe-me lê-lo, fechar os olhos e imaginar-me bem na sua frente...

Obrigada!
De Lucifer119 a 16 de Abril de 2007 às 18:08
...:)))))))) Não se ponha em frente, não!
...:))))))))) Pois posso-me atear à vegetação que sombreia o vale das coxas, cujo desfiladeiro emboca na gruta de Venus pela freste d` Afrodite e roçar-me em lume pelas vertentes húmidas das suas lubricas paredes a fim de amansar este tronco viril em chamas...:)))))))))
...:))))))))) Oh! Mas que visão ardente, que arrepio ígneo.... !
...:))))))) Talvez um baninho de pés até aos artelhos, pra moderar a brasa...:)))))))
De Marisa a 17 de Abril de 2007 às 09:25
Ahahahahahaha, tanto receio... tentandor...
Baci per te...
De apenasMadalena a 16 de Abril de 2007 às 14:48
Concordo plenamente ctg! Vem o sol, o ar quente e pareçe q ficamos logo mais bonitas!!
Ficamos desejosas de vestir roupas mais leves e até pareçe q o coração se transforma...pede alimento...o coração e o corpo, claro
Bjokas gandes
Madalena
De Marisa a 16 de Abril de 2007 às 17:03
Madalena!
O sol tem a faculdade de nos devolver a alegria à alma, a beleza das cores reflecte-se no nosso olhar. Vivam as paixões de Verão!

Beijokas...
De FlordeLis a 16 de Abril de 2007 às 12:47
A sensação que descreves, de dar as boas vindas ao sol, de sair por ai para comemorar os primeiros raios de sol realmente quentes, faz-nos sentir vivas, despertas para novas sensações .
Ontem vivi isso mesmo.
nada como um domingo soalheiro para recuperar forças, uns bons raios de sol, e uma óptima companhia...

De Marisa a 16 de Abril de 2007 às 17:01
Olá Mensageira, há quanto tempo...
Parece-me que tiveste um Domingo em grande, sabe tão bem não é, apetece-me tanto andar com os dedos dos pés ao léu, ahahahaha.
Um beijo e obrigada pela visita!

Vero?

veropiacere@sapo.pt

Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Hummmm...

Sei lá...

Ciao

(...)

Ingenuidade

Viver...

Pretensão

Quando...

Kininha

Renascer…

Hoje não…

Recordar...

Agosto 2010

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

No Ar...

Piaceres...

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Entre!

pegadas