Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2007

Segredo...

Eu adoraria dizer que não preciso de homens… mas é falso, completamente falso!

Bom para todos os efeitos e porque nós mulheres só conseguimos manter o nosso estatuto de importantes e interessantes, enquanto seres independentes e completamente livres, só nesse caso, sim não preciso de homens para nada, desenrasco-me bem obrigada, e o gás já vem em botijas pequeninas e muito bem entregues…

Mas a bem da verdade… eles têm uns dedos fantásticos, eles conseguem fazer aquele olharzinho de cachorrinho, absolutamente delicioso, eles conseguem convencer-nos de que somos fantásticas principalmente quando o objectivo é passar um bom bocado connosco…

E diga-se a bem da verdade, ainda que nós o saibamos é sempre tão engraçado fazermo-nos de inocentes e deixá-los espernear só para alcançarem os seus objectivos, que muitas vezes são também os nossos.

Ok não preciso de um homem na verdadeira acepção da palavra, há maravilhosos orgasmos inteiramente no feminino, há imagens femininas que valem por mil corpos musculados de deuses, ora mas aquele odor próprio deles, aquela rudeza, o ar másculo e forte, a maneira convicta com que decidem conquistar-nos, a forma como nos conseguem surpreender, a maneira por vezes desesperada com que tentam tentar-nos, o ar desajeitado, a timidez que sempre deixam vir ao de cima, o ar desprotegido, eu gosto disso e sim… isso faz-me falta.

 

                    

Os convites para jantar, os telefonemas só porque sim, os elogios por vezes despropositados, as flores que nunca mais darão na vida, mas naquele momento fazem-nos crer que as adoram, as artimanhas que encontram para conseguir o nosso numero de telefone… ahahahahahahah eu adoro o que os homens fazem e nos fazem só para nos ter ainda que por breves momentos.

Por isso meus queridos, continuem a esforçar-se, continuem a inovar, desistam de nos tentar perceber, mas esforcem-se por nos ter, porque se conseguirem valerá de certeza o esforço…

A quem tem cedido algum do seu tempo, vindo visitar-me apesar de não ter encontrado este blog actualizado, as minhas sinceras desculpas, ficar sem net e sem tempo é uma grande chatice, para quem gosta de deixar aqui os seus devaneios... mas voltei!

Obrigada!

Escrito por Marisa às 11:54
Piacere | Vero? | Grazie
|
16 comentários:
De Pintelho Marciano a 1 de Março de 2007 às 11:20
Ainda bem que precisa e gosta d'homens...
De certeza que algures um (ou mais) tb precisa(m) ou gosta(m) de si....
De Marisa a 1 de Março de 2007 às 12:29
Olhe confessei!
Eu espero que haja pelo menos um que goste de mim como sou, já é tão bom...
Beijo para si.
De Pintelho Marciano a 2 de Março de 2007 às 16:36
Com toda a certeza que haverá.... ; )
De Marisa a 5 de Março de 2007 às 09:18
Que seja verdadeiro, então!
Muito obrigada...
De waterfall a 28 de Fevereiro de 2007 às 16:00
Eu cá não tenho jeitinho nenhum para esse tipo de investidas. Jantares, flores, etc. Sou muito discreto e faço poucas ondas e talvez por isso, quem me leva acaba por ficar com as expectativas superadas, porque depois, na intimidade, quando ganho confiança sou muito diferente. (modéstia à parte :-))
De Marisa a 1 de Março de 2007 às 12:27
Olá...
Sabes, que o que encanta é memso essa falta de jeito, ou a maneira desajeitada de ser, ou a timidez que surpreende sempre...
Obrigada!
De Kitty a 25 de Fevereiro de 2007 às 16:23
Inigualável...ai estas tardes de domingo que me trocam...

E mais um beijo :)
De Marisa a 26 de Fevereiro de 2007 às 11:10
Hummm tardes de Domingo...
De Kitty a 25 de Fevereiro de 2007 às 16:21
Tudo o que nos rodeia, nos é necessário? creio que sim, só assim damos valor ao bom, por existirem os contrastes...

Homens...humm... de que seria a vida sem sal?

Beijinhos Marisa (continuas inagualável!)
De Marisa a 26 de Fevereiro de 2007 às 11:10
Bom a vida sem sal seria... provavelmente menos hipertensa... ahahahahaha
Mas sem homens, definitivamente um tédio!
Beijoka, obrigada.
De Zuco a 23 de Fevereiro de 2007 às 01:49
Cara Marisa

Ciao per te.

Baci!

Oloais si gude moves
De Marisa a 26 de Fevereiro de 2007 às 11:09
Haste siempre...
De Ca a 21 de Fevereiro de 2007 às 15:54
Linda,

o sorriso meigo alegre e o olhar sereno cúmplice, que não consigo descrever por palavras... mas que senti algumas vezes... que para mim, faz com que uma relação a dois faça sentido para ambos...

são para mim insubstituíveis...

vivo Feliz sem, mas incompleta...

afirmar o contrário é enganar-me a mim própria...

escusado será comentar o teu... enfim... ai, ai... a foto...

Beijão amiga.
De Ca a 22 de Fevereiro de 2007 às 13:33
Tenho saudades nossas.

Beijo carinhosamente demorado.
De Marisa a 26 de Fevereiro de 2007 às 11:08
E nunca mais chega a hora do reencontro...
De Marisa a 26 de Fevereiro de 2007 às 11:07
Tu és um turbilhão de emoções!
Beijinho meigo.

Vero?

veropiacere@sapo.pt

Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Hummmm...

Sei lá...

Ciao

(...)

Ingenuidade

Viver...

Pretensão

Quando...

Kininha

Renascer…

Hoje não…

Recordar...

Agosto 2010

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

No Ar...

Piaceres...

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Entre!

pegadas