Segunda-feira, 9 de Outubro de 2006

Já me esquecia....

Hummm , as saudades que eu tinha de fugir da vida!
Já não me lembrava de como é acordar e não ter que ir a correr para o banho, de não ter que tomar o pequeno-almoço a despachar, de não ter as rotinas mentalmente planificadas...
O prazer que é acordar e ficar a ronronar até quando apetecer, e tomar o pequeno-almoço à hora do almoço, e passear por aí sem destino e apreciar cada vida que por nós passa.
Encontrar pessoas e sorrir só porque gosto, sabendo que nunca as voltarei a ver e que sorri só porque quis, e mesmo assim mostrar-lhe um sorriso tão feliz...
Ficar numa esplanada a conversar ou simplesmente a olhar... tinha saudades de ficar a olhar infinitamente, e do silencio que ouvimos no meio de um burburinho... e de me ouvir a mim...
E ver o dia a terminar com a mesma calma, que o vi a nascer e a  contemplar cada cor que se forma no céu, apreciar a brisa que começa a fazer sentir-se, arrepiar por fora e sobretudo por dentro...
E tinha-me esquecido como é bom fazer amor numa banheira impessoal, que não me conhece, mas nos acolhe tão bem, dedicar-me inteiramente aquele momento, e saber que outros virão, mas o meu acto fica lá, marcado na memória, cravado na alma, e saber que durante aquele tempo, o meu tempo é só nosso...
                    
Tinha saudades de pensar como iria ser o meu dia, onde haveria de almoçar, o que faria de tarde, e de respirar feliz, porque ninguém me conhece, porque não há cobranças, porque ali só preciso de ser eu, longe da minha vida habitual tudo me sabe tão melhor...
Às vezes o melhor de fugir das nossas rotinas e voltarmos a encontrar-nos ... connosco...
Escrito por Marisa às 09:32
Piacere | Vero? | Grazie
|
22 comentários:
De Ca a 1 de Novembro de 2006 às 00:06
É disso mesmo que sinto falta...

Ando a adiar...

E assim continua por tempo indeterminado!

Circunstâncias da vida!

Pouco é como nos queremos... Embora tenhamos sempre o poder de escolha, pelo menos temos sempre duas opções...

Não se pode lamentar o presente, quando não se investiu no passado!!

Temos muita responsabilidade no que usufruímos da vida, depende grande parte de nós, diria mesmo 70%...

Na próximo "fuinho"... sim, porque ainda não gozo um dia desplaneado... investimento a curto/médio prazo!! vamo-nos???

:)
De Marisa a 2 de Novembro de 2006 às 09:50
Não vale a pena pensar muito, enquanto se pensa já foi... aproveita!
De Capelli Marziani Pubici a 11 de Outubro de 2006 às 12:05
Marisa, Il tempo è che che facciamo con lui... non sempre approfittiamo della migliore maniera!
Tentiamo di vivere la nostra vita sempre con qualcuno dietro...ed a volte abbiamo dimenticato di vivere la propria vita!È un piacere quando lei te stesso incontra...molto raro...ma un piacere!
Me perdona per favore l'italiano cattivo.
I migliori auguri per lei. La manco realmente a volte.
De Marisa a 11 de Outubro de 2006 às 12:17
Este homem é um fenómeno!
Que posso eu dizer?
O que quer que seja, tem de ser em português, não ouso competir com esse seu italiano.
Mas digo-lhe que concordo consigo e que momentos destes apesar de raros, são o que realmente vale a pena, porque tudo o resto é desperdicio de tempo e vida.
Não se preocupe esta perdoado do seu 'italiano cattivo', ahahahaha.
Grazie bello, baci per te.
De Pintelho Marciano a 11 de Outubro de 2006 às 12:27
(esqueci-me de lhe dizer que adorei a resposta ao comentário do "Tusas" e que tenho mesmo de saudades é do tempo em que a tratava mal)
De Marisa a 11 de Outubro de 2006 às 12:32
Ahahahahahahahahaha, não sei a que comentário se refere, mas agradeço!
Quanto ao tratar-me mal, estou sempre preparada, aliás detesto meninos bem-comportados...
Vá lá tente-me!
De Pintelho Marciano a 11 de Outubro de 2006 às 12:34
Aquele em que refere que tb a si lhe deu tusa escrever a resposta....
Não a posso tratar mal...é que facilmente s'habitua...e eu prometi afastar-me das disputas no seu blog...Andava a enervar os seus leitores...e sabe que eu por si faço (quase) tudo.Além de que depois de eu a tratar mal nunca mais me largava..e eu sou um gajo comprometido...
De Marisa a 11 de Outubro de 2006 às 12:49
Ah, já sei!
Aliás você é do género 'fode-me e cala-te'... sei.
Sim, se calhar tem razão, sou capaz de me habituar a responder-lhe na mesma moeda e lá se vai o nível. Mas faça assim, seja fiel a si próprio, escreva o que lhe aprouver, asseguro-lhe que consigo responder-lhe á altura a tudo!
Quanto aos meus leitores, ele vêm cá ler-me , acha memso que se importam consigo? Ahhahahahahah.
E o facto de ser comprometido, que dizer, há mulheres pra tudo!!!!
De marisa a 10 de Outubro de 2006 às 21:15
pois é, o nosso dia a dia e tao complicado, as pessoas sao todas tao diferentes, os mercados de trab sao tao competitivos k deixamos de ser nos, k temos de tomar atitudes que as vezes nao sao nossas, k temos de ter olho vivo por um motivo ou outro... e qdo temos oportunidade de libertar capas sentimos-nos tao bem... beijocas marisa
De Marisa a 11 de Outubro de 2006 às 10:07
Isso mesmo... obrigada.
Beijinho.
De ZePedro a 10 de Outubro de 2006 às 11:27
O sermos nós é sempre fundamental e o sermos nós muitas vezes só se consegue completamente sozinhos sem horártios nem compromissos fazendo apenas o que se deseja quando se deseja.
Acho que está na altura de fazer algo assim
Obrigado
Beijo
De Marisa a 10 de Outubro de 2006 às 12:31
Olá ZePedro!
Sabes, eu acho que há pessoas que já deixaram de ser elas próprias há tempo tempo, que já nem se reconhecem a si próprias!
A melhor forma de nos conhecermos é ficarmos a sós connosco próprios!
Obrigada, bem visto, um beijo!
De A.Feiticeira a 9 de Outubro de 2006 às 21:42
As coisas simples da vida são assim... intensas, magnificas... Um beijo enfeitiçado numa mistura fina de emoções e sentimentos.
De Marisa a 10 de Outubro de 2006 às 09:17
Olá Feiticeira!
As coisas simples da vida, na realidade, são a vida, nós é que teimamos em complicar...
Um beijo meigo.
De cheiodetesao a 9 de Outubro de 2006 às 20:36
Quando me dá essa vontade, fujo mesmo.

Meto-me no carro com música e livros e fico sozinho.

Marisa, parabéns pelo sentido de humor que me deixaste adivinhar na resposta ao comentário que fiz no penúltimo post!

De Marisa a 10 de Outubro de 2006 às 09:16
Pois é, óptima terapia, por vezes a nossa melhor companhia somos nós mesmos...
Obrigada pela visita e simpatia!
De Dossier de Argolas a 9 de Outubro de 2006 às 17:08
Só uma pergunta, se me permite Marisa: a menina da foto também estava na "fuga da vida"? É que com companhia assim também eu fugia da vida! Estaria sempre em fuga mesmo! Ahahahahahahahaha...
Mas está bem! Com ou sem a menina da foto, qualquer que tenha sido a fuga descrita, parece ter sido boa! E ainda bem...
Um beijo
De Marisa a 9 de Outubro de 2006 às 17:16
Olhe lamento desiludi-lo mas não conheço a menina da foto!
O que me liga a ela é adorar ver-me ao espelho, apreciar as minhas formas e a minha vida de maneira crua!
Pior que fugir da vida é fugir de nós próprios, não lhe parece um espelho, um óptimo lugar de encontro?
Ahahahahahahahah, foi muito boa...

Obrigada, grazie!
De Dossier_de_argolas a 9 de Outubro de 2006 às 17:18
...foi boa, não ... foi boíssima!
Mas o termo "fuga da vida" é retirado do seu magnifico post....não é negativo.
De Marisa a 9 de Outubro de 2006 às 17:25
Pois para mim não é de facto negativo, é óptimo fugir da nossa vida habitual, criar nova vida!
E sei que percebeu o sentido, com que empreguei esta expressão, melhor, que sei que a entende e partilha comigo...
De Maeve a 9 de Outubro de 2006 às 14:42
Quem me dera um tempinho só para mim, só meu, sem barulhos, sem nada... só eu.
Como é bom sonhar. ai ai
Agora fiquei com inveja.
Beijocas.
De Marisa a 9 de Outubro de 2006 às 15:52
Os melhores momentos que passamos, são os momentos só nossos, que patilhamos só, se e com quem quisermos...
Viaja pelos sonhos, mas trá-los tambem para a realidade!
Um beijão Maeve.

Vero?

veropiacere@sapo.pt

Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Hummmm...

Sei lá...

Ciao

(...)

Ingenuidade

Viver...

Pretensão

Quando...

Kininha

Renascer…

Hoje não…

Recordar...

Agosto 2010

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

No Ar...

Piaceres...

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Entre!

pegadas