Segunda-feira, 17 de Julho de 2006

Striptease… o meu

Confesso que é das coisas que me dão mais prazer…

Fazer um estimulante striptease, nem que seja só pra mim, virada para um grande espelho, onde me vejo, toda eu… tudo eu, onde me provoco a mim e me olho sedutoramente, avidamente, descubro posições corporais que me agradam particularmente, partes do corpo que me excitam profundamente, arrebito os seios… lambo-os… mordisco os lábios, como se do outro lado estivesse um outro eu, que me quer provar…

Provavelmente nem sou grande striper , primeiro porque nunca tive formação para tal, depois porque, quanto a mim o que define uma boa striper é o seu brio e apreciação pelo próprio corpo, sem qualquer pudor… eu não tendo pudor, não tenho também todo aquele salero.

Mas que me faz sentir muito bem… faz, tirar as roupas ora delicadamente, ora rapidamente, bambolear as ancas, contornar os seios, agitar os cabelos… delicioso.

A música ajuda a compassar os meus movimentos, por vezes sensuais por vezes desengonçados, não importa, é o prazer que me faz dançar ao ritmo da luxúria, da paixão, do desejo, da loucura...

E gosto de o fazer para alguém que o aprecie e a quem eu tenho prazer em dar-me, em expor-me, em mostrar tudo o que sou naqueles gestos por vezes frenéticos ou lânguidos, e excitam-me olhos gulosos, que desejam agarrar aquela sensualidade, que transpiram desejo, que mal se contêm, ahahahaha .

Do alto dos meus imponentes saltos, enquanto apenas deixo antever um corpo quente, coberto com o vestido bordeaux , sinto-me a mais fogosa das mulheres e naquele momento sei que o sou, enquanto vou desabotoando cada botão, que deixa adivinhar um peito sedento de prazer, ouço respirações menos controladas, vejo corpos agitados…

 

                 

Viro-me de costas… um momento… o vestido cai levemente no chão, olho pra cima, respiro fundo e viro-me dona de mim, segura, exibindo todo o meu desejo, orgulhosamente, sem receios, toda eu… sim!

Agora a derradeira mostra do que quero dar, desaperto o corpete que me aprisiona no meio de todo aquele êxtase… cada colchete… um por um, atiro-o para quem nunca o consegue apanhar à primeira, tamanha a excitação, agarro veemente o que queriam lamber… viro-me e de uma só vez, rapidamente, decididamente, baixo-me ao mesmo tempo que tiro o string bourdeaux , que beijo e te entrego…

…sorrisos…

…agarras-me e deixo de ser só eu…

Escrito por Marisa às 09:03
Piacere | Vero? | Grazie
|
42 comentários:
De Ca a 19 de Julho de 2006 às 17:15
Seduzida!

Tás cá dentro!

Lambidelas, daquele jeitinho que tu gostas!!!
De Marisa a 19 de Julho de 2006 às 17:20
Hummmm, Ca, meu bonbom preferido.
A ti não me baste seduzir... tu sabes.
Quero-te toda! Ahahahahahaah
De Zuco a 19 de Julho de 2006 às 13:07
MAEVE, sou um poço de surpresas... Eventualmente sem fundo. Faço por isso.
De Pintelho Marciano a 19 de Julho de 2006 às 12:30
Olá...era para escrever qq coisa do tipo "gostei, tá muito giro etc"...mas acho qu'isso já a menina sabe...De modos que,,,aproveito este espaço para lhe mandar o abraço da ordem e votos de muita saúde...
De Marisa a 19 de Julho de 2006 às 12:34
Pois faz bem... eu odeio gente previsivel.
Mas tem a certeza de que o que me quer mandar, é 'o abraço da ordem'?
Eu acho tão pouco...
De Pintelho Marciano a 21 de Julho de 2006 às 11:27
Bem...qto ao que eu lhe gostaria de mandar...quiçá....
Não conhece os meus "abraços da ordem"...garanto-lhe que não os achará..."tão pouco"!
De Marisa a 21 de Julho de 2006 às 12:03
Fico ansiosa, ainda que demonstre a descontração e serenidade de a quem lhe é banal esse tipo de acontecimentos...
De Pintelho Marciano a 21 de Julho de 2006 às 12:15
Escapou-se-me qq coisa.....
De Marisa a 21 de Julho de 2006 às 12:23
Escapo-lhe eu, o que o deixa fascinado!
De Pintelho Marciano a 21 de Julho de 2006 às 18:02
Se assim não fosse...perdia a graça!
De Marisa a 24 de Julho de 2006 às 09:29
Ahahahahahahahahahahahahah
De opredador a 18 de Julho de 2006 às 18:06
Se pedir muito, fazes um strip só para mim?
Prometo que a recompensa será na mesma moeda...
Chiuu... Sem mais palavras. Basta um sim ou um não:)))


Toco-te
De Marisa a 19 de Julho de 2006 às 09:26
Ahahaahaha, bem vindo ao meu piacere opredador!
Sabe que eu não costumo aceder a este tipo de pedidos, faço um strip apenas e só quando sei que me vai dar muito prazer e a quem tiver o privilégio de o ver... e ouvir...
Eu gosto de respostas curtas 'sim' ou 'não', mas não ouse dizer-me como devo responder.
Volte sempre, espero-o por cá...
De homem de negro a 18 de Julho de 2006 às 17:21
Vadiando de antro em antro, de corpo em corpo, de copo em copo, de noite em noite, foram-me sendo, ao longo de anos, oferecidos alguns strips... Alguns excitaram-me terrivelmente, pelos locais e pelo risco envolvido, outros nem por isso, mas todos eles eu aceitei e guardei...
Eis senão quando a mulher que a tudo nos habituou nos surpreende uma vez mais e nos deixa a pensar: o que é que aquele marmanjo está ali a fazer no nosso sonho?
Vai ao nosso elevador, meu e da loba, ver o que nos saiu... obrigado pelo teu carinho, baci per te...
A gente, divina, vê-se por aí...
De Marisa a 18 de Julho de 2006 às 17:48
Olá Homem!
Portanto o 'meu' strip, foi dos que te excitaram terrivelmente... hummm.
Passarei com certeza, saiu-vos algo de intenso de certeza, ahahahahah.
Vemo-nos sempre, baci per te.
De Maeve a 18 de Julho de 2006 às 11:49

Baby take off your coat
Real slow
Take off your shoes
I'll take off your shoes
Baby take off your dress
Yes, yes, yes

You can leave your hat on
You can leave your hat on
You can leave your hat on
...
..
.

E com uma boa musica a acompanhar é o delírio...

Beijos repenicados
De Marisa a 18 de Julho de 2006 às 14:40
Olá Meave, sempre um vero piacere ter-te por cá!
Sabes que antes de colocar esta da Nelly Furtado, coloquei essa, depois achei-a demasiado óbvia, e eu detesto isso...
De qualquer forma, entraste no espirito, óptimo!
Um beijo grande, espero-te sempre.
De Miguel a 18 de Julho de 2006 às 09:30
As tuas descrições deixam-me sempre embasbacado, quase tanto quanto um strip teu. Gozas com o facto de gozares e de fazeres gozar os outros. A palavra tentação parece muito próxima de ti, por dentro e por fora, gostas de te testar a novos limites e levar os outros contigo. Um beijo não compensa tal entrega mas não deixa de ser um beijo.
BEIJO
De Marisa a 18 de Julho de 2006 às 10:08
Ahahahahahahah , olá Miguel!
Mas não deve ser assim, não devemos ter prazer, primeiro connosco e para connosco?
Se mais ninguém gozar , já o fiz eu, o que é óptimo. De facto as tentações andam sempre próximas de mim, nem sempre cedo, mas quando o faço é com muolto piacere ...
Um beijo de volta... lambuzado.
De http://shakermaker.blogs.sapo.pt a 17 de Julho de 2006 às 23:01
Ora viva Cara Marisa...

Bom, eu não gosto de striptease, ou melhor, prefiro antes ver uma mulher vestir-se. Sim, para mim, despir tem que ser rápido, quase instantâneo. De preferência sendo eu a retirar as peças de roupa, uma por uma.

Já o vestir, então sim, prefiro que seja feito paulatinamente, se pressas e de modo a que eu veja como se compõe uma mulher.

Enfim, já dizia o Marco Paulo: realizando as minhas fantasias, com taras e manias, você vem para mim.

Porém, Cara Marisa, gostei do seu strip, e oxalá seja tão bom de se ver como é de se ler.

Um abraço...
SHAKERMAKER
De Marisa a 18 de Julho de 2006 às 09:14
Pois eu quanto a isso, não posso fazer nada, até porque o que me agrada mesmo nesse âmbito, é que me sequem quando saio do banho, depois eu visto-me e sim, muito pausadamente!
De qualquer forma fica registado que, quando for para si, dispo-me rapidamente!
O Marco Paulo esse símbolo da música portuguesa, pois ele deve perceber disso...
Fico contente que lhe tenha agradado este meu strip , receio que que a visão não chegue sequer perto... mas isso fica entre nós.
Mais uma vez grata pelo peculiar comentário, que sempre aprecio, deixo-lhe um beijo.
De PAU_LINDO a 17 de Julho de 2006 às 21:18
Bem, lembrei de momentos ardentes, uns loucos, outros quentes, momentos de intensa paixão, que se cruzavam com suor, com tesão, lembrei-me de tudo isto e muito mais, mas, no meio de tanta lembrança tocou o telefone.
"Alô, amor, onde estavas, que saudade, quero-te, tou doida para estar contigo, és o meu macho e eu a tua puta, o teu cheiro, o teu desejo, a tua visão da luxúria, meu homem, meu amor, meu Pedro".
Um homem pode até nem querer mas chateia-se...não é por nada mas n me chamo Pedro e à dama nem a conhecia...ainda pensei fazer um strip mas, strip por strip o teu estava muito melhor.

De Marisa a 18 de Julho de 2006 às 09:07
Ahahahahahahahahha , a mim parece-me que a senhora era de boas famílias ...
Quanto ao meu strip ... obrigada... foi um vero piacere !
Volte, baci .
De crowe a 17 de Julho de 2006 às 17:10
Bem que dizer? ((HOT))Admiro todas as pessoas que se expõem assim...
And it is hot in here
De Marisa a 17 de Julho de 2006 às 17:21
So HOT, Crowe!
Não tens que admirar, cada um é como cada qual, mas deixares brotar de ti, tudo o que tens e mais aprecias.
O nosso mundo é bom...
Baci per te.
De crowe a 18 de Julho de 2006 às 22:10
Cara MArisa sei que cada um é diferente do outro e é isso que admiro no ser humano: a diferença e a coragem em assumi-la! O que queria dizer é que admiro a forma como te expões... Somos diferentes!
De Marisa a 19 de Julho de 2006 às 09:28
Ola Crowe que bela visita, pois é somos todos diferentes, no entanto devemos todos nós expressar e deixar transparecer o que mais nos dá prazer, neste caso um strip . Sendo diferentes, teremos com certeza o mesmo desejo de sermos felizes de viver plenamente e orgulhosamente. Que bom que gosta da minha escrita, ainda que num registo bem diferente, eu tambem aprecio a sua! Um beijo terno.

Vero?

veropiacere@sapo.pt

Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Hummmm...

Sei lá...

Ciao

(...)

Ingenuidade

Viver...

Pretensão

Quando...

Kininha

Renascer…

Hoje não…

Recordar...

Agosto 2010

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

No Ar...

Piaceres...

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Entre!

pegadas