Terça-feira, 4 de Julho de 2006

Reencontro… comigo

Hoje a minha melhor companhia sou eu!

E nem se quer estou melancólica, ou triste, ou desiludida, ou magoada, não, hoje quero ter-me a mim como companhia.

Só!

Desligo o telemóvel, o telefone, música ambiente e nem precisa ser uma música calma ou triste, sou bem capaz de pôr os Xutos e Pontapés, mas a festa é só comigo.

Tomo um banho bem demorado, fecho os olhos e penso no que de melhor me aconteceu e vai acontecendo pela vida fora, no que saboreio de uma vida nunca fácil, mas tão vivida e sempre que possível prazerosa .

Sorrio enquanto passo o sabonete liquido pelos seios… as lembranças são divinais, deleito-me com a água a descer pela barriga, levemente, livremente e aguardo-a mais a baixo… impacientemente…

Deito mais alguns sais para a banheira e aninho-me bem no meio, como se todo o meu mundo estivesse lá dentro, como se tudo o que passa no exterior me fosse alheio.

E penso nas minhas mágoas, nos meus medos, nas minhas indecisões, nas barreiras que devo ultrapassar e ainda assim me assustam, mas ali deitada tudo parece tão mais fácil…

 

          

 

Levanto-me, envolvo-me no meu roupão, enxugo os cabelos, penteio-os vagarosamente, delicadamente, limpo a minha pele que sinto renovada, purificada, mimada e hidrato-a com peculiaridade, zelo, contorno cada curva, sinto o aroma do banho e do creme… e de mim.

Deixo o roupão na casa de banho, vou orgulhosamente nua para o quarto, qual estrela de cinema, em bicos de pés, olhando para o que sou e nem estou preocupada com a celulite ou com as estrias ou com a gordurinha , quero lá saber, o que sou está ali, tal e qual, sem medos, orgulhosamente eu!

Escolho uma lingerie bem bonita, bem sedutora, esta noite quero estar impecável… para mim, ahahahaha …

Um string verde azeitona em cetim, a minha camisa de noite preferida, também verde azeitona e também em cetim, com algumas transparências, como eu, perfumo-me e estou pronta…

Não vou deitar-me a ver filmes românticos, ou a novela da noite, vou estar comigo, brindar a mim, aos meus momentos, à minha alma, à minha paz, ao que sou!

Na cozinha preparo um cocktail de frutas, com as minhas frutas de eleição, preparo um vinho fresco e vou pra sala.

Recosto-me no sofá, sorvo um gole daquele vinho, brindo a mim, como um pedaço e outro e outro de fruta, saboreio cada momento, delicio-me com a música, recordo imagens, revivo momentos, pessoas e algumas tão marcantes, não sinto saudade, tudo passa e nós passamos pela vida, não a vida por nós.

Nunca senti saudades do que fui ou vivi, ou de quem deixei de ver, aceito as partidas e as chegadas com a mesma alegria, aproveito o que vou tendo.

Mas de facto, gostava de rever algumas pessoas que me fizeram muito bem, e mesmo através do sofrimento fizeram-me ser o que hoje sou, fizeram-me crescer, amadurecer, tornar-me forte, imune a muitas coisas… frágil noutras tantas.

Fico ali a infinitamente a contemplar-me num acto puramente egocêntrico, solitário, mas feliz… tão feliz…

Escrito por Marisa às 09:04
Piacere | Vero? | Grazie
|
33 comentários:
De Ca a 15 de Julho de 2006 às 06:11
Primeiro eu! Nem mais.

Adorei tudo, tudinho... tanto, tanto!

Um brinde a ti.

Entranhei-me por completo no teu texto e soube tão bem.
De Miguel a 8 de Julho de 2006 às 09:00
Tão intimo que não me atrevo a comentar...senti-me um voyeur (e a sensação não foi de todo má). Um beijo.
De Marisa a 10 de Julho de 2006 às 09:19
Bem vindo ao meu mundo...
Para mim, óptimo!
Baci.
De zuco a 6 de Julho de 2006 às 11:47
Já viste como é que escrevi? Deve ser do rosé...
Passa para cá o champanhe. Quero bebê-lo da tua boca...
De Marisa a 6 de Julho de 2006 às 11:52
Manda foder a escrita, basta que eu perceba...
E nunca nego uma bela flute...
Estás a habituar-me mal... ahahahahaaha
De Zuco a 6 de Julho de 2006 às 13:23
Eu mandava foder outra coisa... Olha o gelo, por exemplo. Gosto de contrastes... Quente-frio, forte- fraco, seco- humido...
De Marisa a 6 de Julho de 2006 às 14:30
Ahahahahahaah, madas foder quem quiseres...
Eu por exemplo sou bem mandada!
E contrastes, hummmmmmmmmmmm.
De Zuco a 6 de Julho de 2006 às 16:31
Então... Vai-te foder!
Vai indo que eu já lá vou...
De Marisa a 6 de Julho de 2006 às 16:40
Ahahahahahahahahahahah , é romântico ...
De Zuco a 5 de Julho de 2006 às 22:48
Estava a presisar de um banho de alma deses. Talvez daqui a uns tempo...

Rosé fresco em gotas, pelo teu corpo abaixo.
De Marisa a 6 de Julho de 2006 às 09:04
Que delicia, deixa refrecar-me o corpo, entranhar-se na pele, beber a alma.
Que bom que gostaste.
Cheers...
De Princesa a 5 de Julho de 2006 às 17:25
So Nice, Lady...

Gostei muito da descrição de um estado de espirito que conheço bem!

Por vezes somos a melhor amiga de nós mesmas...
Muitas vezes até!

Beijos
Princesa
De Marisa a 5 de Julho de 2006 às 17:39
Eu sou a minha melhor amiga, mas às vezes faço-me tanto mal...
Obrigada pela visita, baci per te pricipesa.
De Maeve a 5 de Julho de 2006 às 16:23
Actos puramente egocêntricos...
... é o que precisamos de vez em quando para nos sentirmos felizes.
Gostei...por ser a mais pura verdade.
Fica bem.
De Marisa a 5 de Julho de 2006 às 16:27
E quem diz a verdade...
Ahahahah obrigada pela visita, às vezes só precisamos de nos ter a nós, por inteiro!
Ficarei, baci.
De Amanda a 5 de Julho de 2006 às 16:21
vero piacere o que aqui encontrei... beijo
De Marisa a 5 de Julho de 2006 às 16:27
Grazie, baci per te...
De Dossier_de_argolas a 5 de Julho de 2006 às 09:33
Cheers!!! À tua...
De Marisa a 5 de Julho de 2006 às 09:50
À vida, a nós, ao piacere...
O teu beijo...
De Dossier_de_argolas a 7 de Julho de 2006 às 09:32
...aqui fica il mio baci per te! Scusa...
De Marisa a 7 de Julho de 2006 às 09:51
Anche per lei, cuore...
De Sevla a 4 de Julho de 2006 às 19:06
Marisa, as Deusas ficam felizes com a sua passagem!
O seu Blog é empolgante!! Encontramos muitas semelhanças bem positivas:)

Quantas vezes as pessoas se perdem delas mesmas? Encontrarmo-nos ou reencontrar-nos é caminharmos no trilho certo.***

Beijos Venusianos**
De Marisa a 5 de Julho de 2006 às 09:04
Que luxuriante visita!
As semelhanças a haver serão um piacere, sendo que estamos de acordo quanto ao meu texto...
A passagem pelo vosso reino, foi só a primeira!
Até breve... baci.
De Rui Rebelo a 4 de Julho de 2006 às 15:16
Nem eu saberia dizer melhor. Como seria se todos nós tivessemos uns momentos desses periodicamente? Por incrivel que pareça, por vezes faço-o. E como deves saber, o prazer obtido é simplesmente divinal. Beijos deste teu amigo.
De Marisa a 4 de Julho de 2006 às 15:24
É de facto muito bom...
Grata pela passagem e pelo comentário.
Disfruta todos como se fossem o último, you'll never know...
Baci

Vero?

veropiacere@sapo.pt

Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Hummmm...

Sei lá...

Ciao

(...)

Ingenuidade

Viver...

Pretensão

Quando...

Kininha

Renascer…

Hoje não…

Recordar...

Agosto 2010

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

No Ar...

Piaceres...

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!

Entre!

pegadas